Melo exonera Waldívia Alencar da Seinfra e coloca na pasta o gestor da Suhab

Waldívia Alencar fazia questão de postar em seu perfil no Facebook fotos dela nos canteiros de obras (Foto: Divulgação)

Waldívia Alencar fazia questão de postar em seu perfil no Facebook fotos dela nos canteiros de obras (Foto: Divulgação)

MANAUS – A secretária de Infraestrutura do governo Melo, Waldívia Alencar, foi comunicada nesta quinta-feira de sua exoneração do cargo. No início da tarde, ela reuniu os servidores mais próximos para comunicar que deixa a pasta nessa nova reforma administrativa do governador, enviada à Assembleia Legislativa do Estado na quarta-feira, 30. No lugar dela, de acordo com a secretária de Estado de Comunicação, Lúcia Carla Gama, entra o engenheiro civil Gilberto Alves de Deus, diretor-presidente da Suhab (Superintendência de Habitação do Amazonas), que será extinta na reforma e as atribuições serão divididas entre a Seinfra e a Secretaria de Política Fundiária.

A secretária estava no cargo há 9 anos, e foi colocada na pasta pelo ex-governador Eduardo Braga, atual ministro de Minas e Energia e principal adversário do governador José Melo.

Waldívia, em entrevista concedida ao AMAZONAS ATUAL, questionada se estava segura no cargo, respondeu que ninguém está seguro em lugar nenhum, disse que a decisão era do governador, mas afirmou que pelos critérios alardeados pelo governador José Melo, ela tinha confiança de que permaneceria. “Se ele diz que fica no governo dele quem trabalha, eu tenho uma certa tranquilidade, mas não estou segura”, disse, na ocasião.

Na mesma entrevista, a secretária reclamou do salário (R$ 15 mil) e disse que deveria ganhar de R$ 50 mil a R$ 70 mil, porque trabalhava desde as 7h e ficava em atividade ao menos 12 horas por dia. O esforço da secretária não foi reconhecido pelo governador.

Gilberto Alves de Deus é filiado ao Pros, no diretório do município de Coari, e goza de grande confiança do governador José Melo (Pros). Ele assumiu a Suhab no dia 31 de julho deste ano, após o governador exonerar Sidney de Paula, que estava na pasta há sete anos e era ligado ao ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga (PMDB). Ele também foi engenheiro civil e responsável técnico da empresa Gad Engenharia e Construção Civil Ltda.

O novo secretário da Seinfra já trabalhou com o governador quando ele assumiu a função de secretário estadual de Educação (Seduc). Melo esteve à frente a Seduc em dois governos (1989 a 1991 e também em 1995). Quando assumiu a Suhab há três meses, o governador rasgou elogio ao colega de partido, durante entrevista à imprensa. “O Gilberto trabalhou comigo quando eu fui secretário de Educação. Ele foi meu diretor de obras e é uma das pessoas mais qualificadas que conheço. Está no mesmo nível da Waldívia. E com certeza ele vem pro meu governo, vem para me ajudar, mas não necessariamente como titular”, disse.

Outro demitido

Pela manhã, o governo também confirmou a exoneração do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Gilberto Gouvêa. O substituto dele ainda não foi anunciado. Informações extraoficiais dão conta de que ele pode ser substituído pelo coronel Marcos James Frota, que está no Comando de Policiamento do Interior.

Seja o primeiro a comentar on "Melo exonera Waldívia Alencar da Seinfra e coloca na pasta o gestor da Suhab"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.