Seminário com deputados federais discute estratégias de defesa da Zona Franca

deputados seminario ZFM
Deputados federais eleitos no seminário realizado na Fieam (Foto: Divulgação)
Da Redação

MANAUS – Em seminário realizado no auditório da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do amazonas) na sexta-feira, 11, os deputados federais eleitos Marcelo Ramos (PR-AM), Sidney Leite (PSD-AM), Delegado Pablo (PSL-AM) e Capitão Alberto Neto (PRB) se reuniram com empresários e técnicos para aprofundar conhecimentos técnicos e desenvolver estratégias de defesa da Zona Franca de Manaus junto ao governo federal.

Uma das estratégias, de acordo com Marcelo Ramos, é apresentar a Zona Franca como um modelo complementar da política industrial nacional, uma vez que compra mais de 60% dos seus insumos industrias de outros Estados, e representa apenas 8% de toda a renúncia fiscal do País.

“O Amazonas é o 13º Estado que mais arrecada impostos federais, o que mostra que nosso modelo serve ao Amazonas, mas serve sobretudo ao Brasil”, disse o deputado eleito, autor da proposta do seminário.

A compra desse insumos gera mais de 760 mil postos de trabalhos em outros Estados, principalmente em São Paulo, conforme mostram estudos da Suframa apresentados durante o seminário.

O superintendente de Planejamento da Suframa, Marcelo Pereira diz que isso pode representar o “fim do enfrentamento com a bancada de São Paulo para buscar integrar os parlamentares paulistas à defesa da ZFM”, afirmou Pereira. 

Para Marcelo Ramos, o Amazonas vive uma oportunidade única na atual gestão do Ministério de Infraestrutura para a superação das dificuldades logísticas do Amazonas, como a conclusão da rodovia BR 319, a construção de um porto público, que regule o mercado, e nas melhorias no transporte aéreo. “Tarcísio Gomes, atual ministro, foi morador de Manaus e é sensível à importância de integração do Amazonas ao restante do país, aproximando distâncias e reduzindo os custos de produção do Polo Industrial de Manaus”, lembrou Ramos.

Sobre o seminário, Ramos disse que “a ideia foi realizar um nivelamento da bancada e conhecer os dados mais atuais acerca da ZFM e, com isso, atualizar e unificar os discursos. No entanto, com os estudos que foram apresentados aqui, o que está se desenhando é um novo paradigma de defesa de Zona Franca”, afirmou.

O vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo, disse que nunca houve um interesse tão grande dos representantes do Estado no Congresso em aprofundar as discussões em relação à sobrevivência e expansão do modelo econômico da ZFM. “Recebemos com muita confiança esta sugestão do deputado federal Marcelo Ramos e convidamos toda a bancada para partilhar novas estratégias”, disse.

Seja o primeiro a comentar on "Seminário com deputados federais discute estratégias de defesa da Zona Franca"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.