MP debaterá interrupções na energia elétrica em Manaus

Bandeira verde vigora para o Amazonas este mês, sem acréscimo adicional da conta de energia elétrica (Foto: Divulgação)

Problemas nas redes de distribuição estarão em debate no MP-AM  (Foto: Eletrobras/Divulgação)

Da Redação

MANAUS – A 51ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção e Defesa do Consumidor (Prodecon), do MP-AM (Ministério Público do Estado do Amazonas), promove audiência pública sobre interrupções frequentes no fornecimento de energia elétrica em Manaus, com ênfase nos apagões e interrupções de linhas de transmissão. A audiência será nesta quarta-feira, 23, às 9h, na Sede da Procuradoria-Geral de Justiça, no bairro Nova Esperança, zona oeste.

“Considerando o problema das constantes interrupções de energia na cidade de Manaus, o Ministério Público coordenará esta audiência pública com outros órgãos de Defesa do Consumidor, a fim de tratar desta problemática com os segmentos da sociedade interessados, visando alcançar, se não a solução, mas a amenização deste grave problema”, disse o promotor de Justiça Otávio de Souza Gomes.

Foram convidados para o debate representantes do Ministério Público Federal (MPF), da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE), da Defensoria Pública da União (DPU), da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas  (Aleam), da Câmara Municipal de Manaus (CMM), do Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor do Amazonas (PROCON/AM), do Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Procon Manaus), da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), do Conselho de Consumidores da Amazonas Distribuição de Energia e da própria concessionária do setor, a Amazonas Distribuição de Energia.

“Também esperamos contar com a presença dos segmentos mais interessados da população, como as associações de bairros”, disse o Promotor.

Seja o primeiro a comentar on "MP debaterá interrupções na energia elétrica em Manaus"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.