Resgate de animais silvestres em Manaus cresceu 20,17% em 2018

Filhote de preguiça: animais silvestres em risco de maus tratos ou que invadem residências são resgatados pelo Ipaam (Foto: Ricardo Oliveira/Secom)
Filhote de preguiça: animais silvestres em risco de maus tratos ou que invadem residências são resgatados pelo Ipaam (Foto: Ricardo Oliveira/Secom)

Da Redação

MANAUS – Em Manaus, 685 animais silvestres foram regsatados ano passado em, condições de risco, informou o Ipaam (Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas). Houve aumento de 20,17% em relação a 2017, quando foram resgatados 570 animais. Jiboia, jacaré, iguana, preguiça e pássaros foram os bichos mais salvos pelo órgão de controle ambiental.

O presidente do Ipaam, Juliano Valente, disse que o crescimento no número de resgates significa que a população está mais sensível e consciente em relação à proteção dos animais. O gerente de Fauna do Ipaam, Marcelo Garcia, informou que os resgates só são realizados em situação de risco ou quando o animal invade o espaço do homem. “Atuamos geralmente quando o animal entra em residências ou em outros ambientes fora do seu habitat natural, estando assim em risco. Mas quando os animais, como por exemplo, o jacaré, aparece no igarapé, o Ipaam não resgata porque ele está no seu ambiente natural”, explicou Garcia.

Depois de tratados, os animais são devolvidos à natureza.

Para solicitar o resgate de animais silvestres o cidadão poderá ligar para a Gerência de Fauna do Ipaam no número: (92): 2123-6739.

Seja o primeiro a comentar on "Resgate de animais silvestres em Manaus cresceu 20,17% em 2018"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.