Lima revoga decreto que criou conselho e desfaz uma das ‘maldades’ de Amazonino

Wilson Lima já havia anunciado que revogaria decreto de Amazonino (Foto: Divulgação)
Da Redação

MANAUS – O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), revogou o decreto que definiu auditores ficais de tributos estaduais para conselheiros representantes da Fazenda Pública no Conselho de Recursos Fiscais da Sefaz (Secretaria de Estado da Fazenda), para o biênio 2019/2020, conforme decreto do dia 2 de janeiro, publicado no DOE (Diário Oficial do Estado) nesta sexta-feira, 4.

Wilson Lima determinou que a Sefaz e Casa Civil realizem os procedimentos previstos no artigo 28 da Constituição do Estado do Amazonas, visando à indicação dos nomes a comporem o colegiado.

Na última quarta-feira, 2, em entrevista na sede do Governo do Amazonas, Wilson Lima disse que revogaria o decreto de Amazonino. Lima classificou a criação do conselho de “maldade” do ex-governador.

Seja o primeiro a comentar on "Lima revoga decreto que criou conselho e desfaz uma das ‘maldades’ de Amazonino"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.