Governador do Rio quer enquadrar traficante como terrorista

Wilson Witzel garantiu a vitória apesar de cair nas pesquisas de intenção de voto neste segundo turno (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/Agência Brasil)
Wilson Witzel quer mudar tipificação do crime de tráfico de drogas para terrorismo (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/Agência Brasil)

Do Estadão Conteúdo

RIO DE JANEIRO – O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse nesta terça-feira, 1°, que tem conversado com o presidente Jair Bolsonaro para que o governo apoie um projeto que enquadre traficantes como terroristas e, assim, eles possam ser abatidos se estiverem portando fuzis.

“Vamos retirar o poder do tráfico de drogas e eu espero que o Congresso Nacional aprove uma lei antiterrorismo que enquadre os traficantes como terroristas, para que eles possam ser abatidos de fuzil e, de vez, possamos encerrar essa polêmica. Já falei (com o presidente Bolsonaro) e estamos trabalhando nesse assunto. Ele deve encaminhar (a proposta) para o Congresso Nacional e a gente vai apoiar”, disse.

Witzel falou à imprensa após acompanhar a posse presidencial no Congresso Nacional. Ele disse ainda que outra prioridade do seu governo será o combate à lavagem de dinheiro. “Nós vamos focar no trabalho investigativo da lavagem de dinheiro e também na questão dos homicídios”, complementou.

Seja o primeiro a comentar on "Governador do Rio quer enquadrar traficante como terrorista"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.