Flávio Bolsonaro diz que teve conta do WhatsApp banida

A empresa também baniu as contas do WhatsApp associadas a empresas que agem de forma ilegal na campanha eleitoral (Foto: Reprodução/Instagram)

Da FolhaPress

SÃO PAULO – Flávio Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), usou sua conta no Twitter para informar que está com o WhatsApp bloqueado. O fato ocorreu no início da tarde desta sexta-feira, 19.

“A perseguição não tem limites! Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido do nada, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma”, diz o post.

A Folha de S.Paulo entrou em contato com o aplicativo para apurar o fato, mas ainda não obteve resposta.

O WhatsApp enviou notificação extrajudicial para as agências Quickmobile, Yacows, Croc services e SMS Market determinando que parem de fazer envio de mensagens em massa e de utilizar números de celulares obtidos pela internet, que as empresas usavam para aumentar o alcance dos grupos na rede social.

A empresa também baniu as contas do WhatsApp associadas a essas agências. Reportagem publicada pela Folha de S.Paulo nesta quinta-feira, 18, mostrou que empresas bancaram uma campanha de mensagens anti-PT com pacotes de disparos em massa.

A prática ilegal se trata de doação de campanha por empresas, vedada pela legislação eleitoral, e não declarada.

Seja o primeiro a comentar on "Flávio Bolsonaro diz que teve conta do WhatsApp banida"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.