Transferência de análise de crédito do Basa para RO preocupa Amazonas

Banco informou que não haverá mudança na rotina do atendimento; apenas estrutura física deixará de existir (Divulgação)

Da Redação

MANAUS – Bancários e políticos amazonenses manifestam preocupação com a decisão do Banco da Amazônia (Basa) em retirar sua coordenadoria de análise de crédito do Amazonas e transferir as análises do Estado para Porto Velho, em Rondônia.

Na manhã desta segunda, 13, bancários procuraram o presidente da ALE-AM (Assembleia Legislativa do Amazonas), David Almeida (PSD), para discutir o assunto.

No encontro, os trabalhadores pediram o apoio do parlamentar para convencer o Basa a criar uma central de análise de crédito no Amazonas, a exemplo do que já existe em outros estados da região.

“Como presidente da Assembleia Legislativa, garanti a eles que iremos somar esforços para que este pleito seja atendido”, escreveu David em sua página no Facebook.

Desprestígio

Na mesma rede social, o ex-deputado Marcelo Ramos gravou um vídeo dizendo que a decisão do Basa, além de desprestigiar o Amazonas, prejudicará pequenos e médio empreendedores rurais no Estado.

“Isso é um desprestígio com o nosso estado. Hoje já existe uma central de análise de crédito em Belém e uma em Rio Branco. É um absurdo que não exista uma em Manaus. Mas mais absurdo ainda é extinguir a coordenadoria que existe aqui e transferir as análises para Porto Velho”, disse Marcelo.

Outro lado

O ATUAL fez contato com o a assessoria do Basa. A matéria será atualizada caso haja algum posicionamento. Em outubro, o banco divulgou uma matéria no seu site informando que a mudança não tirará do Amazonas a autonomia de decisão sobre os financiamentos.

O texto no site do Basa também sustenta que o Amazonas continuará com o mesmo nível de volume de aplicação de recursos e não haverá qualquer subordinação ao estado de Rondônia.

Segundo o banco, no período de 2012 a 2017, foram contratados no Amazonas mais de R$ 3,2 bilhões, contemplando mais 39 mil operações. Para o ano de 2018, o Basa pretende disponibilizar cerca de 1,3 bilhão para o desenvolvimento do estado.

 

Seja o primeiro a comentar on "Transferência de análise de crédito do Basa para RO preocupa Amazonas"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.