Rossieli Soares ‘transforma’ educação do Amazonas na ‘que mais avançou’

Rossieli Soares

Rossieli Soares na Comissão de Educação do Senado no dia 15 de maio (Foto: Geraldo Magela/AS)

MANAUS – Foi durante um debate na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, no dia 15 deste mês. O ministro da Educação, Rossieli Soares, segundo a assessoria do senador Omar Aziz (PSD), “destacou os avanços da educação no Amazonas entre 2010 e 2014, como o período que mais avançou, se comparado com os outros estados brasileiros”. Omar Aziz, presente ao debate, matou no peito e fez o gol. Omar era o governador na época. O que faltou ambos dizerem é que Rossieli era o secretário de Educação do Amazonas nesse período. Então, só para não ficar dúvida. Rossieli, que foi transformado em ministro no mês passado, fez uma firula com os dados para dizer que ele foi o melhor secretário de educação do Brasil, levantando a bola para o ex-governador que o manteve no cargo. Omar aproveitou produziu um “rico material” e distribuiu à imprensa baré. Em época de pré-campanha eleitoral vale tudo. O problema de Rossieli Soares são as contas. Ele foi condenado pelo TCE a devolver mais de R$ 2 milhões e ainda não conseguiu reverter a situação.

Um dado para reflexão

Em março de 2014, a Revista Exame publicou um ranking dos Estados sobre repetência escolar. Três deles tinham mais de 50% de estudantes na série errada. O Amazonas aparecia em 24° lugar, com 49,1% dos alunos na série errada, com atraso de mais de dois anos. Nas escolas públicas, o índice era de 51,4%. Nas particulares, 12,2%. A melhor situação era a do município de Eirunepé (32,7%) e a pior, a do município de Japurá (83,3%).

Os dados são do Senso Escolar 2012. Por tanto, no meio do período comemorado por Rossieli. Crescer numa situação de caos não é difícil, mas o que chama a atenção é que esse reconhecimento só tenha ocorrido agora, que o então secretário virou ministro.

 

Seja o primeiro a comentar on "Rossieli Soares ‘transforma’ educação do Amazonas na ‘que mais avançou’"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.