PROS costura com PMDB candidatura para a presidência da ALE

Sidney Leite tenta viabilizar candidatura à presidência e pode ter Alessandra Campêlo como vice (Foto: Divulgação)

Sidney Leite tenta viabilizar candidatura à presidência e pode ter Alessandra Campêlo como vice (Foto: Divulgação)

MANAUS – Os bastidores da eleição para a Mesa Diretora da ALE (Assembleia Legislativa do Amazonas) começa a esquentar. Na tarde e inicio da noite desta quarta-feira, 23, começou a ser costurada uma chapa unindo os partidos PROS, PMDB e PT. O PROS poderá encabeçar a chapa, com Belarmino Lins ou Sidney Leite, com um membro do PMDB sendo escolhido para vice. Nesta quinta-feira, o martelo deverá ser batido, após conversas que serão alinhavadas entre os integrantes dessa nova chapa e membros do DEM, PR e PEN. O PSDB também participa das conversas. A chapa do Pros-PMDB se opõe às articulações em torno da candidatura de David Almeida (PSD), que teria, segundo fontes da ALE, o apoio da primeira dama do Estado, Edilene Oliveira, e da titular da SEAS (Secretaria de Estado de Assistência Social), Regina Fernandes. Essa disputa fragmenta a base de apoio ao governador José Melo, uma vez que Sidney e Belão são do Pros, e um deles deve disputar a presidência com o líder do governo na Casa, David Almeida.

Seja o primeiro a comentar on "PROS costura com PMDB candidatura para a presidência da ALE"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.