Placa de sinalização ‘inocente’ carrega dois problemas vistos a olho nu

Assai-Atacadista-na-placa

MANAUS – Quem consegue enxergar os dois problemas na placa acima? Era para ser uma placa de sinalização, pura e simplesmente. Mas não é. O idealizador teve a brilhante ideia de inserir uma publicidade que não dá para chamar de “mensagem subliminar”. Está claro que o Assai Atacadista no topo da placa não tem a função de indicar ao motorista ou ao pedestre o rumo que ele deve tomar na cidade. Até porque o empreendimento está logo ali, dobrando a esquina.

Aliás, a placa se antecipa à inauguração. Foi colocada durante a obra de construção do galpão e estacionamento. Uma faixa na cerca do imóvel informa que a inauguração será em breve. Mas quem projetou a placa de sinalização fez o “favor” de anunciar que logo ali, dobrando à direita, tem um Assai Atacadista, do Grupo Pão de Açúcar.

Quem interessa tal placa? Foi um descuido ou uma coincidência? Por que o Assai e não outra empresa privada? Por que não um dos centros de compras da Avenida Efigênio Salles. Ou por que não, simplesmente, o nome da via Efigênio Salles. Poderia ser um órgão público, como o Tribunal de Contas do Estado, que fica logo ali adiante, na mesma via. Por que o Assai Atacadista?

O segundo problema é que a placa foi colocada sobre a calçada, impedindo a passagem de pedestre. Aliás, a calçada no local está quebrada há muito tempo. Mas mesmo que seja reparado o problema, o pedestre vai continuar obrigado a pisar no asfalto para passar no local se a placa não for corrigida.

O local da placa é a Avenida Cosme Ferreira, no sentido bairro-centro, bem ao lado do Complexo Viário Gilberto Mestrinho, ou Bola do Coroado.

Seja o primeiro a comentar on "Placa de sinalização ‘inocente’ carrega dois problemas vistos a olho nu"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.