Dupla é presa em barco em Manaus com drogas avaliadas em R$ 400 mil

Arsenio Salino e Reinel Vagas receberam drogas de um grupo de colombianos (Foto: Vanessa Fontes/PC-AM)

Arsenio Salino e Reinel Vagas receberam drogas de um grupo de colombianos (Foto: Vanessa Fontes/PC-AM)

Da Redação

MANAUS – O pedreiro Arsenio Cavalcante Salino, 43, e o colombiano Reinel Vagas Ipuchima, 27, foram presos com 60 quilos de drogas avaliadas em R$ 400 mil, segundo estimativa da Polícia Civil do Amazonas. Eles foram detidos dentro de um barco, onde guardavam a droga, no Porto da Manaus Moderna, no Centro de Manaus, na tarde dessa sexta-feira, 10. São 23 quilos de cocaína e 37 kg de maconha tipo skunk.

O delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), disse que a polícia recebeu denúncia anônima sobre a droga na embarcação, que veio de Santo Antônio do Iça (a 880 quilômetros de Manaus). “Durante revista na embarcação encontramos três malas contendo 54 tabletes de drogas, totalizando 60 quilos de entorpecentes, entre cocaína e maconha tipo skunk que pertenciam a Arsenio e Reinel. A dupla informou que estava fazendo a guarda do material ilícito no local e cada um iria receber R$ 2 mil pelo serviço”, disse Mavignier.

Arsenio morava em Tabatinga (a 1.108 quilômetros da capital) e Reinel na fronteira do Brasil com a Colômbia. Eles disseram, segundo o delegado, que a droga era de um grupo de colombianos, já identificados.

Seja o primeiro a comentar on "Dupla é presa em barco em Manaus com drogas avaliadas em R$ 400 mil"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.