Amazonino diz que novo procurador-geral do MPC é ‘self-made man’

Governador Amazonino Mendes, a presidente do TCE, Yara Lins, e o procurador João Barroso

Governador Amazonino Mendes, a presidente do TCE, Yara Lins, e o procurador João Barroso (Foto: Secom/Divulgação)

MANAUS – O governador Amazonino Mendes (PDT) participou nesta segunda-feira, 16, da posse do novo procurador-geral do MPC (Ministério Público de Contas), João Barroso de Souza, na sede do Tribunal de Contas de Estado. João Barroso foi escolhido pelo governador Amazonino, no dia 8 de junho, para o biênio 2018-2020.
Durante a solenidade, o governador desejou sucesso ao novo procurador-geral e ressaltou que o MPC é um órgão essencial no combate à malversação do erário público e não economizou nos adjetivos ao seu escolhido. “Entende-se que a Procuradoria de Contas deste tribunal é uma vigilância necessária, moderna e inafastável no que pertine ao respeito ao erário, sobremodo quando se trata da investidura atual de um notável ‘self-made man’ [homem que se elevou pelos seus próprios méritos], originário das ‘cabeças’ de São Gabriel da Cachoeira, que passo a passo, a mercê do seu mérito e talento, chegou a essa admirável posição”, comentou. O governador disse que foi à posse do novo procurador-geral por respeito às instituições amazonenses.

Seja o primeiro a comentar on "Amazonino diz que novo procurador-geral do MPC é ‘self-made man’"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.