Wilson Lima diz que secretários têm missão de decidir ‘quem vive e quem morre’

Wilson lima empossa secretários para o primeiro ano de governo (Foto: Bruno Zanardo/Secom)
Wilson lima empossa secretários para o primeiro ano de governo (Foto: Bruno Zanardo/Secom)

Da Redação

MANAUS – Ao empossar os secretários para o primeiro ano de governo, na manhã desta quarta-feira, 2, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), disse que não pode haver erros e que as decisões serão casos de ‘vida ou morte’. “Secretários, muito obrigado por aceitarem o desafio. As decisões que tomarmos a partir de agora são fundamentais, porque podem decidir se alguém vive ou se alguém morre. Uma falha no sistema prisional pode representar a morte de alguém. Uma falha no sistema de segurança pode tirar a vida de um pai de família, de um trabalhador, de um estudante. Se não houver leitos para situações urgentes, alguém morre. É por isso que a gente precisa estar nesse projeto de corpo e alma”, disse Lima, ao fazer as analogias. Vinte e seis assessores foram empossados.

“Os próximos dias não serão fáceis. Esse é o maior desafio da minha vida e eu quero que vocês me ajudem nessa jornada. Vou cobrar de vocês, assim como a população vai cobrar”, frisou o governador.

Na segurança pública, as ações serão concentradas na redução dos índices de criminalidade, disse o secretário Louismar Bonates. “Os meios de trabalho serão os mesmos, mas nós vamos procurar otimizar esses meios motivando os policias e aumentando o contingente nas ruas”.

Bonates disse que o programa GuardiAM, desenvolvido pela consultoria norte-americana Giuliani Security & Safety (GSS) iniciado no governo Amazonino Mendes, terá continuidade. “Nós não podemos dispensar esse trabalho que está sendo feito pelo Giuliani. É um trabalho sério e nós não podemos ser irresponsáveis de abandoná-lo. Nós vamos buscar, inclusive, recursos internacionais por meio do programa para trazer equipamentos e treinamentos para as nossas forças de segurança”, afirmou. Nomeado para a Seduc (Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino), Luiz Castro esteve presente na cerimônia, mas será empossado em outro momento, após concluir compromissos pendentes na LE (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas), onde cumpriu mandato de deputado estadual.

1 Comentário on "Wilson Lima diz que secretários têm missão de decidir ‘quem vive e quem morre’"

  1. E nós se/rvidores efetivos vamos decidir se Wilson Lima fica ou sai do governo. Não vamos permitir humilhaçao com os servidores efetivos que sempre sofreram. Vamos ficar de ilho e impedir dele entrar no gabinete do governador.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.