‘Fizemos um governo histórico. Saímos de cabeça erguida’, diz Amazonino

Amazonino Mendes e Thome Mestrinho
Francisco Deodato, Amazonino Mendes, Thomé Mestrinho e Coronel Otávio (Foto: Bruno Zanardo/Secom)

MANAUS – O governador Amazonino Mendes disse, nesta sexta-feira, 21, durante almoço de confraternização com secretários de Governo, que fez um governo histórico. Na ocasião, ele também fez uma homenagem a Gilberto Mestrinho, o padrinho político que o nomeou prefeito de Manaus ainda sob o regime militar, em 1983.

“Fizemos um Governo histórico em tão pouco tempo. Nós saímos todos, sem exceção, de cabeça erguida desse governo”, disse Amazonino.
“Vocês fizeram parte do momento mais importante da história nosso estado, dos últimos tempos, que foi exatamente este ano de 2018, que foi o ano de recuperação do estado do Amazonas”, completou.

Em um hotel, na zona sul, Amazonino fez sua despedida e lembrou Mestrinho. “Me despeço da vida pública para lembrar a figura imorredoura daquele que foi o meu guia, meu pai político, minha figura inspiradora. Quero chamar seu primogênito homenageando o inesquecível Gilberto Mestrinho. Espero ter honrado o nome do inesquecível Gilberto Mestrinho. Um homem tão extraordinário, que no momento da sua passagem, lembro-me nunca minha alma foi tão ferida quando eu via seu corpo inerte velado no Palácio Rio Negro. Eu enxergava ali não a queda de um homem. Mas a queda do meu próprio Estado”, disse.

Seja o primeiro a comentar on "‘Fizemos um governo histórico. Saímos de cabeça erguida’, diz Amazonino"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.