Ator de Malhação diz ter evoluído ao protagonizar beijo gay e assédio

Giovanni Dopico
O ator protagonizou o primeiro beijo entre meninos em “Malhação” (Foto: Reprodução/Facebook)
Por Cris Veronez, da Folhapress

RIO DE JANEIRO – Ele nunca havia pisado em um set de filmagens e, quando pisou, foi para valer. Com apenas alguns meses de experiência como ator, Giovanni Dopico, 23, já enfrentou grandes desafios na profissão: protagonizou o primeiro beijo entre meninos em “Malhação” e emocionou o público na trama em que Santiago, seu personagem, sofria assédio do treinador de futebol.

“Essa história da quinzena do Santiago foi muito intensa. O tema ‘assédio’ é muito importante e desafiador (…)  Evolui muito com cada cena, me dediquei ao máximo para passar emoção e verdade. Este trabalho me colocou fora da minha zona de conforto e eu consegui aprender muito com o personagem. Foi difícil e gratificante”, disse o ator ao portal F5, da Folha de S.Paulo.

A autora da atual temporada da novela, Patrícia Moretzsohn, disse que decidiu escrever sobre assédio no esporte após assistir a uma reportagem na televisão sobre o tema. “Fiquei bastante indignada e guardei aquilo. Quando o pessoal na internet começou a pedir uma quinzena específica para o Santiago, achei que seria um assunto interessante a ser abordado.”

Apesar da quantidade de escândalos de assédio no esporte que vieram à tona nos últimos anos, tanto no Brasil como no exterior, ela afirma que não usou nenhum caso específico para a trama de Santiago. “Inspiramo-nos nas denúncias que surgiram e fizemos uma história nossa”, explica.

A trama do estudante do Colégio Sapiência teve, segundo a autora, alguns níveis de leitura. “Dependendo do espectador, ele pode identificar ali um assédio moral ou algo que foi além. Mas não houve nada explícito.”

A abordagem de um tema espinhoso e complexo precisou de um tratamento especial em uma novela para adolescentes. “O cuidado maior foi justamente trabalhar esse diálogo com o público. Não existe a necessidade de ser explícito. Quem tem maturidade para lidar com o assunto, entende que existem outras nuances ali. Quem ainda não tem, percebe o desconforto de Santiago, que além do assédio do treinador foi bastante perseguido pelos outros meninos em campo.”

O colégio Sapiência chegou a criar um projeto de prevenção e conscientização do assédio, que contou com a participação especial do treinador de futebol e ex-jogador da seleção brasileira Zico falando sobre o assunto e se prontificando a ajudar Santiago.

Dopico celebra o encontro com o ex-futebolista: “Eu não cheguei a contracenar com o Zico pessoalmente, mas a gente conversou um pouco, porque as gravações eram lá no centro de treinamento dele e eu acabei o conhecendo. Foi incrível.”

Após a experiência bem sucedida como ator na novela teen, Dopico garante que evoluiu bastante. Ele, inclusive, já gosta de se assistir nas telinhas para avaliar o desempenho profissional – coisa que não gostava no início do trabalho.

“Para ser sincero, eu nunca tinha pisado em um set de gravação na minha vida. ‘Malhação’ foi meu start e eu não poderia ter começado em um lugar melhor. Aprendi muito sobre o posicionamento do ator em relação à câmera, aprendi como funciona a rotina de televisão. (…) Evolui muito pessoalmente também. O Santiago me ensinou muito.”

Seja o primeiro a comentar on "Ator de Malhação diz ter evoluído ao protagonizar beijo gay e assédio"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.