Sejel divulga valores de alugueis dos estádios e ginásios de Manaus

A Arena da Amazônia, para eventos sem cobrança de ingresso, custa R$ 40 mil (Foto: Michel Dantas/Secom)

Da Redação

A Sejel (Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer) divulgou os valores que cobra pelo aluguel de espaços públicos de responsabilidade da pasta, como a Arena da Amazônia. Construído por R$ 659 milhões para quatro jogos da Copa de 2014, o estádio pode ser alugado por R$ 40 mil para eventos em que não haja cobrança de ingressos. Quando for para a realização de jogo de futebol e eventos com cobrança de ingresso, como shows, a Sejel cobra 5% da renda bruta.

A tabela com os valores dos alugueis foi publicada no Diário Oficial do Estado do último dia 4 de setembro. Segundo a publicação, o aluguel de espaços como a arena tem sido uma necessidade diante da atual realidade econômica do Estado. Segundo a Sejel, a dificuldade econômica do governo “desafia a gestão pública de forma a viabilizar recursos por intermédio de iniciativas outras, que não as convencionais, de adequação de valores em relação as outras arenas do país também buscando atrair eventos esportivos, culturais, show e outros”.

No dia 19 de agosto, o ATUAL publicou matéria mostrando que a Sejel cobra R$ 14 mil pelo aluguel da área externa da arena para shows de artistas nacionais cujos cachês por uma hora e meia de apresentação pode chegar a R$ 220 mil. No último dia 4, a irmãs Simone e Simaria, e a funkeira Anitta fizeram um show no local.

A Sejel informou que em 2016 arrecadou R$ 42 mil alugando a arena. Em 2017, a arrecadação já teria chagado a R$ 98 mil. A pasta diz que para chegar aos valores dos alugueis realizou estudos e pesquisas no mercado local e nacional.

Em 2016, a Sejel divulgou que o governo teve prejuízo com a arena. Naquele ano, o Estado teria gasta R$ 6,5 milhões com a manutenção do estádio, enquanto a arrecadação com festas e eventos no mesmo período não ultrapassaram a casa de R$ 1 milhão.

No mesmo balanço, a Sejel divulgou que em 2016 a arena recebeu 45 partidas de futebol. A maioria das partidas foram de times locais, que não pagam aluguel.

Veja os valores dos alugueis de espaços públicos administrados pela Sejel:
– Estádio Carlos Zamith / Valor: 10% da renda bruta.
– Estádio Carlos Zamith (Estacionamento) / Valor: R$ 4 mil.
– Estádio Ismael Benigno / Valor: 10% da renda bruta.
– Estádio Ismael Benigno (Estacionamento) / Valor: R$ 4 mil.
– Arena Amadeu Teixeira / Valor: R$ 10 mil (Diária).
– Arena Amadeu Teixeira (Estacionamento) / Valor: R$ R$ 4 mil.
– Ginásio Rennê Monteiro / Valor: R$ R$ 5 mil (Diária).
– Arena da Amazônia (Estádio completa para jogo de futebol e eventos) / Valor: 05% da renda bruta.
– Arena da Amazônia (Estádio completo para eventos sem cobrança de ingresso) / Valor R$ 40 mil.
– Arena da Amazônia (Salão de vidro) / Valor: R$ 2,5 mil.
– Arena da Amazônia (Hall de entrada) / Valor: R$ 7 mil.
– Arena da Amazônia (Salão Bossa Nova) / Valor: R$ 5 mil.
– Arena da Amazônia (Podium) / R$ 14 mil.
– Arena da Amazônia (Camarotes para eventos) / R$ 14 mil.
– Kartódromo / Valor: R$ 4 mil (Diária).
– Estádio Osvaldo Frota / Valor: Quadro Móvel.

Seja o primeiro a comentar on "Sejel divulga valores de alugueis dos estádios e ginásios de Manaus"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.