O monotrilho de R$1,4 bilhão que Manaus nunca usou

MANAUS – Em 2011 foi apresentado a Manaus um projeto esperançoso que melhoraria a mobilidade urbana de Manaus. O monotrilho de Manaus foi aprovado e veiculado através de um comercial bem trabalhado que fez com que os olhos dos amazonenses se enchessem de curiosidade. O projeto teve autoria do então governador do estado Eduardo Braga que é atual candidato ao governo do estado do Amazonas. Em 2013 a Justiça Federal do Amazonas cancelou a licitação do monotrilho de Manaus em, que foi planejado para a Copa do Mundo. A decisão judicial atendeu a um pedido do MPF (Ministério Público Federal). A obra que foi orçada em R$ 1,4 bilhões nunca saiu do papel. Eduardo Braga nunca conseguiu explicar os motivos pelos quais fizeram com que a obra fosse um verdadeiro fracasso e um marco negativo em sua jornada política. Cabe a nós saber se vale a pena confiar outra vez em alguém que não sabe terminar algo que planejou. A cidade de Manaus perde quando volta a crer em sonhos utópicos elaborados por mestres da demagogia e enganação.

Seja o primeiro a comentar on "O monotrilho de R$1,4 bilhão que Manaus nunca usou"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.