MP investiga afastamento de professores da UEA

UEA (Foto: Joelma Sanmelo/UEA/Divulgação)

Unidade da UEA em Manaus. Em Tefé, MP apura falta de professores (Foto: Joelma Sanmelo/UEA/Divulgação)

O MP-AM (Ministério Público do Amazonas) instaurou inquérito civil para apurar denúncia de afastamento irregular de professores do CEST/EA em Tefé. Também investigará se há falta de professores e a não realização de concurso para preencher vagas de docentes e técnicos de laboratório, além da recusa da Universidade do Estado do Amazonas em entregar documentos públicos. O processo é o de nº 008/2016-2ª PJTFF. O afastamento foi para capacitação, este ano, sem o devido processo administrativo.

1 Comentário on "MP investiga afastamento de professores da UEA"

  1. Ailton ferreira da Silva | 26 de dezembro de 2016 de 23:35 | Responder

    A palhaçada aqui em labrea os aprovados em 2015, ainda não começaram estudar e os aprovados em 2016, já estão sendo matriculados que porcaria é essa na Uea.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.