MP-AM enquadra prefeito de Guajará por falta de transparência

MP-AM investiga prefeito de Guajará por improbidade administrativa (Foto: Google/Reprodução)

MANAUS – O promotor de Justiça da comarca de Guajará (município a 1.487 quilômetros de Manaus), Iranilson de Araújo Ribeiro, instaurou inquérito civil público para apurar suspeita de atos de improbidade administrativa praticados pelo atual prefeito Ordean Gonzaga da Silva e pelo ex-prefeito Monoel Hélio Alves de Paula, por não manterem atualizadas informações determinadas pela Justiça no portal da transparência. O promotor constatou que a Prefeitura de Guajará sequer tem site na internet. Decisão judicial de 22 de setembro de 2015 determinava que a prefeitura criasse no site do município um ambiente com informações sobre receitas e despesas e com informações que desse transparência aos atos dos gestores municipais. Até agora, a decisão não foi cumprida.

Seja o primeiro a comentar on "MP-AM enquadra prefeito de Guajará por falta de transparência"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.