México é velho conhecido do Brasil e seleções se enfrentarão pela quinta vez

México perdeu de 3 a 0 para a Suécia, mas se mostrou adversário difícil (Foto: Fifa/Divulgação)

México perdeu de 3 a 0 para a Suécia, mas se mostrou adversário difícil (Foto: Fifa/Divulgação)

RIO DE JANEIRO – Adversário das oitavas de final, o México é um velho conhecido da Seleção Brasileira em Copas do Mundo. Vai ser a quinta vez que as duas seleções se encontram em Mundiais. No histórico, a vantagem é verde e amarela. São três vitórias e um empate para o Brasil. Além disso, um dos mundiais brasileiros foi conquistado em terras mexicanas, no tricampeonato de 1970.

No último encontro entre os dois, vitória brasileira por 2 a 0 em amistoso realizado em 2015, com gols de Diego Tardelli e Philippe Coutinho. Em toda a história, são 39 jogos disputados, com 22 vitórias do Brasil, 10 para o México e 7 empates.

Na próxima segunda-feira, 2, os dois escreverão um novo capítulo na história do futebol. A campanha do Brasil foi de duas vitórias e um empate. Sete pontos somados, com cinco gols marcados e um sofrido.

O México se classificou em segundo lugar no grupo F. Somou seis pontos nas vitórias sobre a Alemanha (1 a 0) e Coreia do Norte (2 a 1). A única derrota foi contra a Suécia por 3 a 0 na última rodada, disputada nesta quarta-feira, 27, antes do confronto brasileiro. A equipe mexicana marcou três gols e sofreu quatro.

Seja o primeiro a comentar on "México é velho conhecido do Brasil e seleções se enfrentarão pela quinta vez"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.