Juiz Luiz Felipe assume decisões da Operação ‘Maus Caminhos’

José Melo está preso e advogado pediu habeas corpus para liberar o ex-governador (Foto: Valdo Leão/Secom)

MANAUS – O juiz federal Luiz Felipe assumiu as decisões processuais da Operação ‘Maus Caminhos’. Ele ficou no lugar da colega, a juíza Ana Paula Serizawa Silva Podedworny, que tirou férias de duas semanas. O juiz deverá emitir decisão sobre o pedido de habeas corpos apresentado pelos advogados de defesa do ex-governador do Amazonas, José Melo de Oliveira, e da ex-primeira-dama do Estado, Edilene Gomes, presos na Operação ‘Estado de Emergência’, terceira fase da ‘Maus Caminhos’. A operação desbaratou esquema de fraudes em contratos de serviços na saúde pública que desviou mais de R$ 120 milhões.

Mouhamad Moustafa

Médico proprietário das empresas Simea (Sociedade Integrada Medica Do Amazonas Ltda.) e Salvare Servicos Medicos Ltda, Ele foi denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal) como sendo o mentor de uma organização criminosa que desviava dinheiro da saúde pública do Estado do Amazonas, através de um contrato da Susam (Secretaria de Estado de Saúde) com o Instituto Novos Caminhos, que a Justiça Federal diz ser de Mouhamad Moustafa. Em 2016, a CGU (Controladoria Geral da União), a Polícia Federal e o MPF deflagraram a Operação Maus Caminhos, que desarticulou a organização criminosa. Em maio de 2015 o médico foi condenado a 15 anos de prisão na primeira instância da Justiça Federal. A defesa de Mouhamad Moustafa diz que o médico é inocente e recorreu da decisão. Ele aguarda o julgamento dos recursos em liberdade, mas é réu em outras ações penais originadas da Operação Maus Caminhos.

Seja o primeiro a comentar on "Juiz Luiz Felipe assume decisões da Operação ‘Maus Caminhos’"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.