Cultura do intercâmbio ganha incentivo em Manaus

Estudantes ONG AFS (Foto: AFS/Divulgação)

Estudantes que realizaram intercâmbio pelo AFS: conhecimento de novas culturas (Foto: AFS/Divulgação)

Da Redação

MANAUS – Com programas de intercâmbio para estudantes, jovens e adultos em 50 países, a ONG AFS Intercultura Brasil inaugura comitê em Manaus nesta sexta-feira, 24. A partir da nova unidade, a organização não governamental expande sua atuação no Brasil e pretende atrair jovens do Norte para intercâmbios culturais e educacionais.

“A presença de uma instituição como o AFS viabiliza oportunidade de interação com diversas culturas, dando oportunidade para que todos possam desenvolver o exercício de uma cidadania global. Nossa região, que é carente de ações como essa, ganhará um forte aliado para a interculturalidade”, disse Jhony Abreu, presidente do grupo.

Abreu disse que a AFS oferece uma gama de atividades que envolvem temas capazes de gerar interesse sobre as diferenças culturais e de que forma isso contribuiu para a construção de um mundo igualitário. “Estamos elaborando planejamento repleto de atividades que serão realizadas ao longo do ano em escolas, parques, cursos de idiomas e universidades. Acreditamos que dessa forma conseguiremos passar para um público variado a missão do AFS”, disse.

O AFS, segundo Abreu, possibilita que as pessoas atuem de forma responsável, como cidadãos globais, trabalhando pela paz e pelo entendimento, em um mundo composto de diversidade. “O AFS encoraja o respeito pelos direitos humanos e suas liberdades fundamentais, valorizando cada indivíduo sem distinção de raça, identidades de gênero, expressões sexuais, necessidades especiais, língua, religião e/ou status social”.

Em Manaus, o comitê está instalado temporariamente no Colégio Palas Atena e já possui, aproximadamente, oito integrantes.

Seja o primeiro a comentar on "Cultura do intercâmbio ganha incentivo em Manaus"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.