Ronaldo Jacaré quer superar bom histórico de Weidman contra brasileiros

Ronaldo Jacaré enfrentará norte-americano após contusão de adversário (Foto: UFC/Divulgação)

Ronaldo Jacaré enfrentará norte-americano após contusão de adversário (Foto: UFC/Divulgação)

Por Brunno Carvalho/Do UOL/Folhapress

SÃO PAULO-SP – Chris Weidman tem um cartel invejável no UFC quando o assunto é adversários brasileiros. Responsável por acabar com a hegemonia de Anderson Silva, o norte-americano tem em sua lista vitórias sobre os ex-campeões Vitor Belfort e Lyoto Machida.

Duas semanas antes do UFC 230, que acontecerá neste sábado, 3, em Nova York, nos Estados Unidos Weidman viu outro representante nacional entrar em seu caminho. Ronaldo Jacaré foi escalado para substituir Luke Rockhold. E o brasileiro promete que a história vai ser diferente desta vez.
“Tenho que chegar lá e desmentir (a fama de Weidman), colocar meu jogo em prática. Ele pode falar o que quiser, mas quando fechar a porta do octógono, a gente vai resolver isso lá dentro”, afirmou à reportagem.

A declaração de Jacaré vem na esteira de uma fala de Weidman ao canal Combate. O norte-americano disse ser mais reconhecido no Brasil do que nos Estados Unidos por causa das sucessivas vitórias contra atletas brasileiros.

Inicialmente, Ronaldo Jacaré estava escalado para enfrentar David Branch, mas a lesão de Rockhold fez com que o brasileiro fosse promovido para a segunda luta mais importante da noite. “Isso aí me deixou bastante feliz. Fiquei bem feliz, falei para os meus treinadores, todo mundo achou legal a oportunidade. E fiquei mais feliz que o Chris Weidman aceitou a luta antes de eu aceitar”, disse Jacaré.

O principal combate do UFC 230 será entre Daniel Cormier e Derrick Lewis, pelo cinturão dos pesados da organização.

Seja o primeiro a comentar on "Ronaldo Jacaré quer superar bom histórico de Weidman contra brasileiros"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.