Funcionários do Fla serão intimados a depor em investigação sobre incêndio

Por Lucas Vettorazzo, da Folhapress

RIO DE JANEIRO – Cinco funcionários do Flamengo com atribuições no Ninho do Urubu, centro de treinamento do clube, serão intimados a depor nesta terça-feira, 12, no âmbito das investigações sobre o incêndio ocorrido na última sexta-feira, 8.

Policiais cumprem diligências nesta segunda-feira, 11, para intimar os funcionários do clube, cujos nomes e cargos não foram divulgados. A ideia é que os depoimentos sejam dados a partir das 15h de terça.

A polícia quer saber quem era responsável pelo setor de manutenção do centro de treinamento e também da gerência de patrimônio do clube. Os agentes buscam informações nos materiais da estrutura de contêiner do alojamento de atletas que pegou fogo. Investigam se havia rota de fuga. Até o momento, a principal suspeita é que uma pane no aparelho de ar-condicionado provocou um incêndio que matou os dez atletas da base do clube e deixou outros três feridos.

Reportagem da TV Globo na sexta mostrou que só havia uma porta de saída do dormitório e que a espuma de poliuretano usada como material isolante térmico e de som da estrutura soltava fumaça tóxica em caso de incêndio. A espuma é a mesma encontrada na estrutura da boate Kiss, em 2013.
O Flamengo afirmou neste domingo, 10, que o material era “auto-extinguível”, ou seja, que não propagava chamas.

Os atletas menores de idade estavam instalados em uma estrutura modular montada em um contêiner.  Eles dormiam em beliches quando o incêndio começou. Um dos atletas que dormia sentiu o cheiro de queimado e foi buscar ajuda. Quando ele voltou com uma funcionária do clube, a estrutura já estava tomada pelas chamas.

Moradores da região de Vargem Grande, zona oeste, onde fica o CT do Flamengo, relataram que devido às chuvas que atingiram a cidade na semana passada provocaram diversos picos de luz no bairro. A polícia investiga se as quedas de luz podem ter provocado um curto na rede elétrica, resultando em um incêndio. A investigação também apura se não houve negligência do clube em relação às condições de segurança do dormitório.

Seja o primeiro a comentar on "Funcionários do Fla serão intimados a depor em investigação sobre incêndio"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.