Tudo bem se você não está namorando no dia dos namorados

SÃO PAULO – Ontem aconteceu o dia dos namorados e mais uma vez os casais usaram a data para comemorar o amor, é justo e eu acho bonito. As ruas de São Paulo estavam repletas de casais comemorando o dia com muito romantismo e detalhes, o motorista do Uber que eu peguei disse que essa terça feira para ele era equivalente ao que ele ganhava o final de semana inteiro, é visível que o comércio lucrou sem que isso seja uma novidade.

O que observei foi algo mais preocupante e menos superficial, o desespero dos jovens que ainda não namoram. Em forma de brincadeiras na internet e nos grupos de amigos eles expressavam a tristeza de não ter com quem dividir aquela data. Uma amiga chegou a me enviar mensagem dizendo que acreditava que nunca ia conseguir um namorado para ter a chance de dividir sentimentos com ele.

Eu fiquei bastante preocupada, não apenas por ser minha amiga mas por ser exemplo de uma geração ansiosa que quer tudo na hora e não admite dar tempo ao tempo. Muitas vezes o adolescente começa a namorar porque quer se encaixar no modelo social que diz que é natural e imprescindível que você tenha alguém.

A boa notícia é que a resposta é “não”, você não precisa ter alguém específico para ser completo. Se você está solteiro isso não quer dizer que você vai ficar sozinho para sempre, talvez você ainda seja muito jovem ou precise ter um tempo seu primeiro.

É necessário estar cheio de si, de amor  por si, afeto, respeito e uma vida realizada para que outra pessoa venha apenas para transbordar aquilo que já está completo. Não procure metades, melhor que isso não procure pessoas, dê tempo ao tempo que os detalhes vão se encaixando naturalmente. A sociedade não pode impor para você uma realidade baseada na vida de outras pessoas. Apenas viva, cuide-se.

Seja o primeiro a comentar on "Tudo bem se você não está namorando no dia dos namorados"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.