“Tem gente festejando que o Marcelo acabou”, diz Marcelo Ramos

Marcelo Ramos e Eduardo Braga

Sem o aval do PR para ser candidato, Marcelo Ramos se uniu a Eduardo Braga em 2017 (Foto: Divulgação)

MANAUS – Em vídeo no Facebook, Marcelo Ramos (PR) manda recado para aqueles que ele diz que “mais uma vez” o declaram morto politicamente. “Cara, a política é só uma parte da minha vida. Claro que dou o maior valor para isso. Quando disputo eleição eu quero ganhar. A política é a parte da minha vida que eu acho que posso servir ao povo do Estado do Amazonas. Ela não é o fim da minha vida. Ganhar ou perder eleição faz parte da vida”, declarou o político. Segundo ele, não é a primeira vez que decretam a morte dele na política. Foi assim quando trocou o PCdoB pelo PSB, quando optou por disputar o governo e não a reeleição de deputado estadual, quando se filiou no PR, e agora em 2017, que formou chapa com o senador Eduardo Braga (PMDB) para disputar a eleição suplementar para o governo. “E agora mais uma vez decretaram minha morte política. Tem gente festejando aí que o Marcelo acabou”, diz Marcelo em um trecho do vídeo.

Assista o vídeo na íntegra:

2 Comments on "“Tem gente festejando que o Marcelo acabou”, diz Marcelo Ramos"

  1. Acho que vc Marcelo não quer ganhar se tivesse interesse em ajudar de verdade a sociedade amazonense não teria corrido para os braços do Eduardo Braga,se vc tivesse vindo candidato longe de certas alianças políticas,hoje vc seria o governador do Amazonas,quem está falando e uma eleitora sem partido e sem maiores amores por qualquer candidato.

  2. Tudo aquilo que você um dia lutou jogou fora seus ideais de mudança se foram,passando a torna-se uma marionete dos caciques da nossa politica, nosso povo já não lhe ver com bons olhos, pois essa ultima de se aliar a um politico sujo, prepotente, arrogante não lhe caiu bem, mas morto politicamente não, lhe falta um pouco de coerência nas alianças eleitoral.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.