Homem morre tentando salvar mulheres e crianças do incêndio em prédio de São Paulo

SÃO PAULO – Gastamos muito tempo falando e escrevendo sobre coisas ruins. Por isso, preciso deixar registrado a minha gratidão por ainda ver no mundo atitudes que fazem com que tudo valha a pena. Ao menos um homem morreu tentando salvar pessoas no desabamento que aconteceu em São Paulo.

Ricardo morava sozinho em um dos apartamentos do prédio há cerca de 4 anos e trabalhava no centro da cidade. De acordo com os vizinhos ouvidos pelo site G1, Ricardo chegou a deixar o prédio, mas voltou para ajudar outros moradores.

 “Muitas mulheres moravam sozinhas e tinham crianças. Ele voltou para ajudar no resgate dessas famílias”, disse Gerivaldo Araújo, ao site.

Por volta das 2h50 da manhã, Ricardo estava no edifício e tinha colocado o equipamento de segurança para ser içado pelos bombeiros.

 “Ele dizia: ‘me tira daqui, por favor’ e eu respondi: ‘calma, confia em mim'”, relata o sargento Diego, bombeiro que tentou resgatar o morador. “Eu pedia a todo o momento para ele ficar calmo, e sinalizava com a lanterna e gesticulava o que ele tinha que fazer. Ele estava totalmente preso já”.

Apesar dos esforços, não deu tempo de salvar Ricardo, que precisou sacrifica-se para que a bondade e a misericórdia fosse lembrada por uma sociedade cada dia mais fria.

Seja o primeiro a comentar on "Homem morre tentando salvar mulheres e crianças do incêndio em prédio de São Paulo"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.