5 coisas que você precisa saber antes de se tornar um blogueiro

Seria estranho começar dizendo que esse é o meu primeiro texto? Para quem me segue nas redes sociais da vida sabe que gosto de escrever e, é tão necessário quanto aos trinta copos de água que eu tomo durante o dia. Mas vamos tentar seguir o protocolo, esse é o meu primeiro texto no blog. Eu me sinto animada e muito ansiosa, espero que vocês continuem acompanhando.

Assim que surgiu o convite, pensei bastante e cheguei a uma única indagação. O que uma pessoa precisa saber antes de se tornar um blogueiro? Ambição de muitos jovens, esse título se tornou tão cobiçado quanto ser “youtuber”, “vlogueiro”. Há menos de quinze anos todo adolescente sonhava em ser jogador de futebol, modelo, ator, estrela do Rock. Hoje com o sucesso absoluto da internet, os desejos são outros.

Mas o que eu preciso saber antes de entrar nesse mundo dos bloggers? Você também ficou curioso? Conversei com três blogueiros e um especialista em blogs, eles me contaram tudo sobre esse mundo. O que fazer e o que não fazer.

É preciso ter foco

Se você está pensando que é um trabalho fácil, já está começando errado. Apesar de ser dinâmico, não trata-se de um mundo sem dificuldades e como qualquer outro trabalho, exige esforço. Carol Heinrichs é blogueira do blog “Toque de neon” e pra ela importa ter direcionamento,” você precisa ter um foco. Pra seguir uma linha e gerar conteúdo, seja pra moda, comportamento, viagem, comida, pets, religião. Se você quer ter um blog por distração você pode levar na esportiva e falar o que quiser, mas se tiver um foco e comprometimento de gerar conteúdo, alimentar as redes do blog. Acaba dando mais certo”.

É preciso ter dedicação

Muitas pessoas acreditam que um blogueiro vive para fazer fotos, vídeos e textos aleatórios. Porém a maioria deles se dedica a um segmento e estuda para manter-se atualizado. Falar é fácil, ter o que falar é difícil. É  por isso que essas pessoas se dedicam ao que se propuseram fazer. É o que afirma Chrys Braga do blog “de bem comigo”, “Depois de saber qual direcionamento tomar, se vai ser polemico, opinativo, dia a dia, se vai expor a sua vida pessoal e saber que vai arcar com essa imagem e ser julgada por ela, se quiser viver disso precisa dedicação e estudo continuo. Por isso se você estiver com vontade de entrar nesse mundo, saiba que também exige, dedicação.

É preciso ter criatividade

Não é só na hora de pensar em uma pauta que a criatividade precisa funcionar. Você precisa estar antenado em tudo o que acontece, novidades e tendencias que vão tornar o seu conteúdo mais interessante. Pode ser um plugin que ajude você a blogar melhor (isso vai se refletir na qualidade do conteúdo publicado, seus leitores vão perceber que há um ânimo novo no ar), um widget ou nova funcionalidade no layout (que interesse aos seus leitores, pois coisas sem função são só “penduricalhos” desnecessários que atrapalham ao invés de ajudar), uma pesquisa sobre algum assunto do momento (que tenha a ver com a proposta do blog, claro), etc. São muitas as possibilidades e justamente por isso é preciso criatividade para encontrar o que fará a diferença positivamente no seu blog.

É preciso monetizar o blog

Hoje qualquer pessoa cria um blog, e com isso acredita-se que seja um caminho fácil de ganhar dinheiro, que basta fazer algumas fotos ou textos “mais ou menos” e faturar muito com isso. Bom, não é bem assim.

Segundo Benevides, blogueiro e Especialista em Comunicação Digital. É importante mesmo antes de começar o blog já saber que vai precisar monetiza-lo. Ele me contou que existem várias formas de fazer isso. Primeiro que é preciso construir uma ótima audiência dentro do seu nicho. Mesmo se você tiver tráfego, ainda não há garantia que você ganhe dinheiro com isso. É necessário que você monetize seu blog e é possível fazer isso de diversas maneiras:

Anúncios publicitários: Os anúncios que você vê em um blog geralmente são provenientes de algum tipo de rede de anúncios, como o GoogleAds. Os blogueiros recebem com base nas visualizações do seu blog em cada mês.

Afiliados: Os blogueiros divulgam os links de produtos em seus blogs e ganham uma porcentagem sobre as vendas realizadas.

Postagens patrocinadas: A marca paga o blogueiro para divulgar um produto em suas redes. Essa tática é muito comum, mas, geralmente, as marcas que buscam os blogueiros com essa finalidade querem apenas permutar o produto pela divulgação.

Vender produtos próprios: A moda é criar lojas online com produtos estampando o nome do blogueiro ou sua marca. Nessa modalidade também entrar livros, peças de teatro, etc.

É gratificante

Foi unanime quando perguntei qual era o lado positivo de ter um blog, além de todos o que já citamos. “É gratificante”, o carinho, amizade. Poder compartilhar aquilo que você gosta com seus semelhantes é o que faz com que tudo valha a pena de todas as formas. Ajudar, escrever, ouvir e estudar sobre coisas que vão fazer com que as pessoas cresçam de alguma forma. Imagino que não existe coisa mais gratificante que ser o motivo de agradecimentos e interesse dos leitores no conteúdo que você trabalhou para realizar. Por isso hoje eu mergulho nesse mundo, para aprender junto com você e com quem já rala nesse meio, todos os lados desse mar de informação, conteúdo e interação.

2 Comments on "5 coisas que você precisa saber antes de se tornar um blogueiro"

  1. Olá, muito interessante o texto. Eu particularmente já pensei em ter um blog, mas tipo eu não teria tempo pra me dedicar. Mas acredito que você se sairá bem. Seja bem vinda. Estarei por aqui dando uma olhada sempre que der.
    #AmeiasFotosanimadas.
    #Sucesso

  2. Quero ser blogueira, obrigada pelas dicas!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.