Vladimir Putin diz que a fonte do vírus do ciberataque global foi a CIA

Vladimir Putin (Foto: MFA Rússia/Fotos úblicas)

Vladimir Putin disse que a Rússia não teve nenhum  envolvimento com o ciberataque (Foto: MFA Rússia/Fotos Públicas)

MOSCOU – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assegurou nesta segunda-feira, 15, que a Rússia não tem nada a ver com o ciberataque global que já afetou mais 200 mil computadores em pelo menos 150 países. E acusou o serviço secreto dos Estados Unidos (CIA) de ser “a fonte primária do vírus”.

“Acredito que a direção da Microsoft já indicou a CIA como a fonte primária do vírus. A Rússia não tem nada a ver com isso”, disse Putin, em entrevista coletiva em Pequim, onde participou do Fórum da Nova Rota da Seda. Segundo ele, as instituições públicas russas “não sofreram danos importantes, nem os bancos, nem o sistema de saúde, nem outros, mas, em geral, não há nada de bom nisto e é preocupante”.

WikiLeaks vazou

O presidente da Microsoft, Brad Smith, advertiu ontem que a compilação de vulnerabilidades cibernéticas por parte dos governos se converteu em um padrão emergente que causa danos generalizados quando estas informações são vazadas. “Vimos aparecer no WikiLeaks vulnerabilidades armazenadas pela CIA, e agora estas vulnerabilidades roubadas da NSA (Agência Nacional de Segurança dos EUA) afetaram clientes em todo o mundo”, criticou Smith, ao se pronunciar sobre a origem do erro no sistema operacional Windows que possibilitou a ação do ciberataque com o software maligno WannaCry.

O ‘ransomware’  (tipo de ciberataque que infecta os computadores e depois cobra um resgate) WannaCry, que exigiu um pagamento na moeda digital ‘bitcoin’ para que o acesso aos computadores fosse recuperado, infectou sistemas de informática em todo o mundo.

Brasil

No Rio de Janeiro, o ataque atingiu intensamente os sistemas das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), cujos postos tiveram de fechar mais cedo e os serviços de atendimento ao público de concessão de benefícios e agendamento de perícias médicas foi totalmente suspenso.

Em São Paulo, o Tribunal de Justiça do Estado (TJSP) informou, por meio de nota, que alguns de seus computadores foram infectados e, por cautela, determinou que todas os demais equipamentos de informática fossem desligados. O órgão suspendeu por tempo indeterminado os prazos processuais. O expediente nos fóruns ocorreu de maneira normal, com prestação de informações necessárias aos advogados. Até a publicação da reportagem, no final da tarde, o site do TJSP estava funcionando.

(ABr/Agência Brasil)

Seja o primeiro a comentar on "Vladimir Putin diz que a fonte do vírus do ciberataque global foi a CIA"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.