Único juiz a votar com Melo no TRE em 2016 é nomeado para o Amazonprev

Márcio Meirelles é o único voto divergente até agora no processo de cassação do governador José Melo (Foto: Rosiene Carvalho)

Márcio Meirelles foi o único voto divergente no processo de cassação do governador José Melo (Foto: Rosiene Carvalho)

MANAUS – Único membro do TRE-AM a votar pela absolvição do governador José Melo (Pros) há um ano quando o tribunal cassou o mandato dele por compra de votos, o jurista Márcio Rys Meirelles foi nomeado para o cargo de diretor-presidente do Amazonprev.  A publicação, assinada por Melo, foi feita no Diário Oficial do Estado do Amazonas do dia 9 deste mês. O cargo é uma função de confiança do governador. Na mesma publicação, Fábio Pereira Garcia dos Santos foi exonerado da função. Meirelles já foi secretário da Sejusc no Governo Omar Aziz, quando Melo era vice-governador. A pasta era a responsável por gerir o sistema penitenciário. A titularidade durou apenas nove meses. Após denúncias de corrupção de servidores do sistema prisional e fuga em massa no presídio, Meirelles foi exonerado por Omar.

Formação

Apesar da atuação no eleitoral e agora na área de Previdência, Meirelles tem no currículo uma formação voltada para a Segurança Pública. O novo diretor-presidente do Amazonprev é formado em Direito e Administração e tem mestrado em Segurança Pública. Foi membro do Conselho Penitenciário do Estado do Amazonas por seis anos e acompanhou de perto, neste mesmo período, o sistema penitenciário.

nomeacao-marcio-meirelles-amazonprev

 

Seja o primeiro a comentar on "Único juiz a votar com Melo no TRE em 2016 é nomeado para o Amazonprev"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.