Um Rio para Zeus

Zeus andava triste e sem tesão para dar uma descida do seu Olimpo. A testosterona subiu e ele desceu. Paquerou Alcmena, mulher de Anfitrião, se fez passar pelo tenebroso marido e implantou-lhe uma sementinha. Anfitrião chegou da pescaria e descobriu que havia dançado. Mandou levantar uma grande fogueira e tentou queimar a namorada de Zeus. O Todo Poderoso formou uma nuvem de chuva e acabou com a graça de Anfitrião. A deusa Hera, esposa de Zeus, sentindo que já era, mandou duas serpentes para matar o filho do Homem. Hércules, o filho de Zeus e Alcmena, estrangulou as duas serpentes com as próprias mãozinhas, ainda no berço. Hera sempre invocada com Hércules, fruto da traição de Zeus, provocava o filho do chefe o quanto podia. Hércules teve um ataque de fúria e matou seus três filhos queridos e a própria mulher, Mégara.

O filhão teve, como punição, que se incumbir de doze tarefas que o Oráculo dos Delfos não conseguira até então. Foram elas:

  1. Matar o Leão da Neméia – O leão foi estrangulado.
  2. Destruir a Hidra de Lerna – Hércules acabou com as sete cabeças.
  3. Capturar as Corças de Gerínia – Hércules capturou-as pelos pés de bronze e chifres de ouro.
  4. Capturar o Javali de Erimanto – O filho capturou-o vivo.
  5. Limpar em um só dia o curral do Rei Augeasos – Hércules o limpou em um só dia, um curral que não via limpeza há trinta anos e onde eram guardados três mil bois.
  6. Acabar com as aves antropófagas do Lago Estinfale – O herói matou a todas com flechas envenenadas.
  7. Capturar um Touro Louco na Ilha de Creta – O filho do Homem pegou o Touro a unha. O Touro ainda lançava fogo pelas narinas.
  8. Eliminar as Éguas do Rei Trácia – Hércules começou a ver que a coisa já fora mais fácil. Mesmo assim, capturou-as e domou-as.
  9. Roubar o Cinto de Ouro da Rainha Hipólita – Hércules, avesso a roubos, abafou o Cinto das Guerreiras Amazonas. Pronto! Começou a sacanagem. O que as “Amazonas” tinham a ver com roubo? Mas juraram vingança.
  10. Capturar os Bois Selvagens de Gerião – Hércules capturou-os e ainda matou Gerião, que tinha três corpos chamados de Lulu, Didi e Zezé. Hércules, estressado, viu que os trabalhos não acabariam em doze.
  11. Roubar as maçãs douradas das Ninfas, no Jardim das Espérides. Hércules recuperou as maçãs douradas, mas já teve um cúmplice, Atlas.
  12. Capturar o Cão de Três Cabeças, Cérbero – guardião dos Portões do Inferno, que além de cauda de dragão, tinha pescoço de serpente.

Após cumprir as doze tarefas mais impossíveis do Olimpo, o Pai ingrato viu que seu filho havia preenchido todos os requisitos para a Grande Tarefa e já merecia todas as honras do seu reino, mas implorou, chorando e de joelhos, para Hércules: “Meu filhinho querido, existe um lugar lá em baixo, lindo, mais bonito que o Paraíso, habitado por uns poucos lesos que se acham “os malandros” da Terra, especialistas em gastar tudo o que possuem e o que é dos outros. Vai lá, tira o Prefeito Encanador e o Governador, meu colega de classe e primo de Noé, depois vai no Paraná e ajuda um cara que poderá até nos substituir. O nome dele é Sérgio não sei de Quê. Parece que só há ele na Justiça de Lá. Quando resolveres essas duas paradas, eu devolverei Vinícius, Tom, Ary Barroso, Tim Maia, Cauby e o Rio será o lugar certo para todas as Olimpíadas a serem realizadas para todo o sempre.”

Resolve logo, Bonitão! eu quero é morar e namorar no Rio.

O Rio é o Céu.

Roberto Caminha Filho, economista, morre de rir dos cariocas eleitos. Eles se acham prontos para receber mais de cinquenta chefes de Estado de todos os lugares do mundo, no maior evento da humanidade.

Seja o primeiro a comentar on "Um Rio para Zeus"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.