Tricampeão seguido, Real Madrid conquista 13º título da Liga dos Campeões

Real Madrid reafirmou seu domínio no futebol europeu com a conquista do tricampeonato da Liga dos Campeões (Foto: Real Madrid/Gettyimages)

Real Madrid reafirmou seu domínio no futebol europeu com a conquista do tricampeonato da Liga dos Campeões (Foto: Real Madrid/Gettyimages)

Do Estadão Conteúdo

SÃO PAULO – O Real Madrid segue mandando na Europa. Na tarde deste sábado, 26, em uma final eletrizante contra o Liverpool, venceu por 3 a 1, no estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia, e confirmou a sua hegemonia no continente ao conquistar o seu 13º título da Liga dos Campeões na história, sendo o terceiro em sequência e o quarto nas últimas cinco temporadas – só o rival Barcelona em 2015 se intrometeu nesta série.

Os gols saíram no segundo tempo e aconteceram das maneiras mais inacreditáveis possíveis. O primeiro do Real Madrid veio em uma falha do goleiro alemão Karius e esperteza de Benzema. O Liverpool empatou com Sadio Mané, mas aí apareceu o talento do galês Gareth Bale, que havia acabado de entrar em campo, com um lindo gol de bicicleta. No final, novo erro de Karius, desta vez de forma bisonha, e outra bola nas redes do jogador de País de Gales para o maior campeão europeu.

A notícia triste da partida foi a lesão série que o atacante egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, sofreu no primeiro tempo. Em dividida com o zagueiro Sergio Ramos, caiu em cima de seu ombro e teve de deixar o campo chorando muito. O craque do time inglês corre o risco de ter de fazer uma cirurgia e, assim, ficar de fora da Copa do Mundo da Rússia, que começará no dia 14 de junho.

Quem volta a fazer história é o francês técnico Zinedine Zidane. Com o terceiro título consecutivo europeu como técnico da equipe espanhola, um feito inédito desde que o torneio passou a contar com o seu formato atual de disputa, adotado a partir da temporada 1992/1993, também se torna o terceiro treinador a ser tricampeão europeu de clubes em todos os tempos, se igualando ao inglês Robert Paisley – que faturou a taça em 1977, 1978 e 1981 pelo próprio Liverpool – e ao italiano Carlo Ancelotti – este vencedor com o Milan em 2003 e 2007, antes de voltar a triunfar justamente com o Real Madrid, em 2014.

Seja o primeiro a comentar on "Tricampeão seguido, Real Madrid conquista 13º título da Liga dos Campeões"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.