‘Time’ escalado para ouvir Gilberto de Deus na ALE é de fazer chorar

Josué Neto e Belarmino Lins

Josué Neto e Belarmino Lins comandam a comissão escalada para ouvir Gilberto de Deus (Foto: Felipe Augusto/ALE)

MANAUS – Gilberto de Deus, como noticiou por primeiro o ATUAL, enviou ofício ao presidente da ALE (Assembleia Legislativa do Amazonas), David Almeida (PSB), pedindo uma audiência pública para, segundo ele, apresentar provas das denúncias que fizera em outubro de 2015 de irregularidades em contratos da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura). Contou o engenheiro e ex-secretário da pasta, que a secretaria pagou milhares de reais sem que as obras fossem realizadas e contratou serviços com preços exorbitantes ou desnecessários.

Nesta quarta-feira, 9, o presidente David Almeida encaminhou o pedido de audiência para a Comissão de Obras, Patrimônio e Serviços Públicos. Aí é que o bicho pega. A maioria absoluta dos membros da comissão era ligada aos principais denunciados citados no ofício de Gilberto de Deus, o ex-governador José Melo (Pros) e o senador Omar Aziz (PSD).

O presidente da Comissão é o deputado Belarmino Lins (PP), que foi líder do prós na ALE e aliado de Melo mesmo quando pertencia ao PMDB de Eduardo Braga. Belão chegou a declarar à época que não sabia fazer oposição, ao explicar a aliança com o então governador.

O vice-presidente, deputado Josué Neto (PSD), foi eleito presidente da ALE na gestão de Omar Aziz e foi o maior aliado do governo de José Melo. Aliás, Josué e Belarmino faziam dobradinha na presidência dos trabalhos na ALE principalmente nas votações de matérias de interesse do Governo Melo.

Os membros titulares são Luiz Castro (Rede), Orlando Cidade (PV) e Sabá Reis (PR). Orlando Cidade era da base de apoio de Melo na épica em que a empresa de um sobrinho dele, a Navegação Cidade, foi contratada pelo Estado por R$ 9 milhões para fazer transporte escolar. E Sabá Reis era aliado e foi vice-líder de Melo na ALE.

Na suplência da comissão todos foram aliados do governo. Francisco Souza apoiou a candidatura de Melo à reeleição e sempre foi um aliado fiel. Mário Bastos (PSD) é do partido de Omar e sempre foi da base aliada. E Sinésio Campos (PT) foi líder de Omar e Melo na ALE.

 

Vamos aguardar para ver no que vai dar.

1 Comentário on "‘Time’ escalado para ouvir Gilberto de Deus na ALE é de fazer chorar"

  1. Quer encontrar mais um foco dessa corja basta ir ao CETAM que já denunciei várias vezes e mostrei com dados da folha secretária ganhando mais que Diretor-Presidente..O mais absurdo disso são servidores recebendo por 2 a 3 cargos e que nada fazem tirando vaga de quem prestou concurso e servidores que são fantasmas na administração ESSA ADMINISTRAÇÃO PERDIDA PRESIDENTE OMISSO,SERVIDORES INOPERANTES E FANTASMAS INSTRUTORES HUMILHADOS EM QUALQUER ATENDIMENTO.
    SILVIA MELO SOBRINHA DO EX GOVERNADOR LADRÃO A MÁFIA DOS CURSOS DO PRONATEC REGIOMARA,NUBIA,ZAIRA,JOSÉ AUGUSTO DIRETOR CEGO
    INSTRUTOR TRABALHANDO EM VARIOS CURSOS PRA RECEBER COM 2 A 3 MESES FICANDO COM PIRES NA MÃO E SOFRENDO COM A ARROGANCIA DOS COODERNADORES..

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.