Caso PM: Melo tem até segunda para se defender de cassação

depoimentos-tre-1

Testemunhas do caso prestaram depoimento de quase oito horas em novembro de 2016 no TRE-AM (Foto: Rosiene Carvalho)

MANAUS – Termina na segunda-feira, 13, o prazo da defesa do governador do Amazonas, José Melo  (Pros), no processo em que o MPE (Ministério Público Eleitoral) pede a cassação de seu mandato por uso abusivo da PM-AM (Polícia Militar do Amazonas) na campanha eleitoral de 2014. Também são réus neste processo, com prazo de defesa encerrando também na segunda-feira, o vice-governador Henrique Oliveira (SDD), o deputado estadual Platiny Soares (DEM) e os coronéis Eliézio Almeida da Silva e Aroldo da Silva Ribeiro que no início da campanha eram, respectivamente, comandante e subcomandante. Na semana passada, o MPE ratificou o pedido de cassação do governador nas alegações finais do caso que cumpre últimas fases para julgamento.

Grampos da PF nos telefones de oficiais da PM mostram que Melo sabia dos crimes, afirma MPE

Seja o primeiro a comentar on "Caso PM: Melo tem até segunda para se defender de cassação"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.