Servidores do INSS em Salvador fraudaram R$ 500 mil da Previdência

Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em Salvador, para desarticular fraude na Previdência (Foto: Divulgação)

Do Estadão Conteúdo

BRASÍLIA – A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira, 13, em Salvador a Operação Contrafeito para desarticular organização que teria desviado R$ 500 mil dos cofres públicos por meio de fraudes na concessão de benefícios previdenciários. A ação conta com apoio do Núcleo de Inteligência Previdenciária da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda.

A força-tarefa mobilizou 50 policiais federias e 12 técnicos da Previdência para cumprimento de nove mandados de busca e apreensão em Salvador.

De acordo com as investigações, o grupo atuava desde 2012 e os envolvidos usavam documentos falsos para dar entrada em processos de requerimento de benefícios previdenciários.

Na prática eram utilizados relatórios e exames médicos falsos com o auxílio de servidores do INSS, também envolvidos nas fraudes. O prejuízo apurado nessa primeira etapa da investigação atinge R$ 500 mil.

A PF informou que os envolvidos vão ser enquadrados por estelionato contra a Previdência e formação de quadrilha.

Seja o primeiro a comentar on "Servidores do INSS em Salvador fraudaram R$ 500 mil da Previdência"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.