Semifinal entre Grêmio e River na Libertadores será ‘briga de cachorro grande’

Jogadores do Grêmio em celebração de gol na goleada que garantiu classificação (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Jogadores do Grêmio em celebração de gol na goleada que garantiu classificação (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Do Estadão Conteúdo

PORTO ALEGRE – A goleada de 4 a 0 sobre o Atlético Tucumán, na noite dessa terça-feira, 2, pela Copa Libertadores, aumentou a confiança do Grêmio para a sequência da temporada. Mas o técnico Renato Gaúcho não espera jogo fácil contra o River Plate, pela semifinal. Contra o experiente rival, o treinador gremista projeta uma “briga de cachorro grande”.

A vaga na semifinal foi selada com o placar agregado de 6 a 0, uma vez que o time gaúcho já havia vencido o jogo de ida por 2 a 0, fora de casa, na Argentina. Já o River despachou o Independiente ao bater o rival por 3 a 1, também na noite dessa terça, após empate sem gols na partida de ida.

Assim, esta semifinal da Libertadores vai reunir seis troféus da competição. Cada um tem três, sendo o Grêmio o atual campeão. O River levantou o troféu pela última vez em 2015. “Semifinal da Libertadores não é pouca coisa. O River é briga de cachorro grande. São mais 180 minutos. Mas vai ser difícil também para eles”, diz Renato Gaúcho.

Na avaliação do treinador gremista, os duelos entre o time brasileiro e o argentino vão ‘parar’ o futebol. “São dois grandes, enormes torcidas e os dois chegando por méritos. Grêmio e River são potências dentro de fora do campo, vai ser eletrizante”, projeta o técnico.

Para chegar lá, o Grêmio não aliviou em campo contra o Tucumán, apesar da boa vantagem adquirida no jogo de ida. “Não era porque vencemos lá que teríamos facilidade. Tanto que vimos no começo do jogo. Meu grupo está de parabéns pela classificação. Não poderíamos menosprezar o adversário. Tem que dar os parabéns à equipe do Tucumán também. Tanto lá quanto aqui foram sujeito homens”.

As partidas das semifinais ainda não tem data definida, mas serão realizadas nas semanas dos dias 24 e 31 deste mês. O Grêmio vai decidir a vaga na decisão em casa por ter feito melhor campanha na fase de grupos.

Seja o primeiro a comentar on "Semifinal entre Grêmio e River na Libertadores será ‘briga de cachorro grande’"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.