Contrato com a Rico: Secom diz que envio de documentos ao MP ‘dirime’ suspeitas

mp-am

MP-AM investiga suposto pagamento de serviço aéreo não prestado ao governo do Estado (Foto: MP/Divulgação)

MANAUS – Consultadas pelo ATUAL sobre a investigação do MP-AM (Ministério Público do Amazonas) referentes a serviços aéreos pagos e supostamente não realizados, a Casa Militar do Governo do Amazonas informou, em nota, que já “entregou a documentação com os esclarecimentos sobre o caso ao Ministério Público, com isso, dirimindo a suposição de prática de irregularidade pelo governo”. A Secom (Secretaria de Estado de Comunicação), que enviou a nota, considera que apenas o envio dos documentos ao MP já é suficiente para afastar a suspeita de irregularidades. A Rico Táxi Aéreo, contratada para o serviço e também investigada, não se pronunciou.

Seja o primeiro a comentar on "Contrato com a Rico: Secom diz que envio de documentos ao MP ‘dirime’ suspeitas"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.