Roupa de Pabllo Vittar expõe crimes ligados à homofobia durante Parada LGBT

É a segunda vez consecutiva que Pabllo se apresenta no evento de São Paulo. (Foto:Reprodução/Instagram @PabloVittar)

Do Estadão Conteúdo

SÃO PAULO – O cantor Pabllo Vittar foi uma das grandes atrações da 22ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que ocorreu neste domingo, 3, e usou a própria roupa para se manifestar contra a homofobia.

Além de um maiô com as cores do arco-íris, ela vestiu um conjunto feito de reportagens de jornal sobre crimes ligados à homofobia. O destaque é para a frase em vermelho que diz “Parem de nos matar”.

O look tem autoria de Victor Miranda, profissional responsável pelo estilo da cantora. Em seu perfil no Instagram, ele agradeceu o apoio de outras pessoas pela produção das estampas e fornecimento de tecidos.

O tema da Parada deste ano foi “Poder pra LGBTI+: Nosso voto, nossa voz”. É a segunda vez consecutiva que Pabllo se apresenta no evento de São Paulo.

// orgulho 🌈 styling: @victorfdmiranda

Uma publicação partilhada por Pabllo Vittar ✨ (@pabllovittar) a

essoas pela produção das estampas e fornecimento de tecidos.

 

Seja o primeiro a comentar on "Roupa de Pabllo Vittar expõe crimes ligados à homofobia durante Parada LGBT"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.