Verdadeiro risco para o PIM está no STF, diz Serafim Corrêa

Serafim Correa

O economista e deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) afirmou que o risco mais imediato que vê na Zona Franca do Paraguai em relação ao PIM (Polo Industrial de Manaus) está na possível saída de empresas de concentrado do Amazonas, caso o STF (Supremo Tribunal Federal) dê uma decisão negativa ao Estado ao Recurso Extraordinário nº 592891. Para o deputado, este tema precisa ser visto com atenção por todos. “As fábricas de concentrados vão para o Paraguai abastecer a América Latina se essa situação do IPI passar”, afirmou Serafim. Na segunda-feira, o senador Omar Aziz (PSD) afirmou ao ATUAL que o tema o preocupa e que vai procurar o ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), para tratar do assunto.

 

Seja o primeiro a comentar on "Verdadeiro risco para o PIM está no STF, diz Serafim Corrêa"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.