Rebecca lembra Marcelo Ramos ao ensaiar independência e ceder à pressão partidária

Amazonino e Rebecca

Amazonino Mendes e Rebecca Garcia, agora aliados, formam chapa governador do Amazonas (Foto: Reprodução)

MANAUS – Ao se aliar ao governador Amazonino Mendes, ex-adversário, a ex-deputada federal Rebecca Garcia lembra estratégia semelhante à do ex-deputado estadual Marcelo Ramos. Ambos ensaiaram uma postura independente, dissociada do grupo que se reveza no poder. Com esse discurso, Marcelo Ramos disputou o segundo turno da eleição à Prefeitura de Manaus em 2016, quando perdeu para Arthur Neto (PSDB), mas obteve 44,04% dos votos. Logo depois, saiu derrotado ao ceder à pressão partidária e se juntar ao senador Eduardo Braga, na eleição suplementar para governador, em 2017. Rebecca foi terceira como ‘independente’ na eleição suplementar. Ramos saiu, momentaneamente, da cena política. Só as urnas dirão se Rebecca acertou na mudança de postura ou terá o mesmo ‘fim’ de Ramos ao ceder ao caciquismo do PP.

Seja o primeiro a comentar on "Rebecca lembra Marcelo Ramos ao ensaiar independência e ceder à pressão partidária"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.