Programa da Prefeitura vai financiar 1.500 moradias para servidores públicos

Prefeito Arthur Neto lança programa de financiamento de moradias para servidores públicos  (Foto: Divulgação)

Por Felipe Campinas, da Redação

MANAUS – A Prefeitura de Manaus lançou na tarde desta segunda-feira, 14, a terceira fase do Programa Habitacional do Servidor Público, que vai financiar 1.500 unidades habitacionais para servidores públicos de baixa renda. O programa é uma parceria iniciada em maio de 2017 entre a Prefeitura de Manaus e o setor privado da construção civil.

Segundo o sub-secretário municipal de Habitação (Subhaf), José de Arimatéia, a terceira fase atenderá servidores com renda entre R$ 1.800 a R$ 2.600, que estão incluídos na faixa 1,5 do programa “Minha Casa, Minha Vida”. O investimento total será de R$ 150 milhões.

“Manaus desenvolve a maior política habitacional de todos os tempos. Inicialmente serão cinco empresas, mas também convidamos outras que queiram participar, pois há mercado para isso. Temos em nossos bancos de dados, aproximadamente 22 mil servidores que mostraram interesse em adquirir um imóvel”, disse o subsecretário.

Podem participar do programa servidores públicos municipais ativos e inativos, sejam efetivos, celetistas, RDAs e até mesmo os comissionados. O servidor interessado deve, primeiramente, procurar o setor de recursos humanos de sua secretaria e pedir a inclusão do nome no programa para, posteriormente, realizar seu cadastro com o agente financeiro. Após ser contemplado, a segunda etapa será a entrega da documentação: RG, CPF, comprovante de renda dos últimos seis meses, FGTS, CLT, Imposto de Renda Pessoa Física e certidão de casamento

As parcelas são de acordo com a renda familiar. “Uma pessoa que ganha até R$ 2.800 poderá pagar parcela de até R$ 780,00”, disse José de Arimatéia.

Para o prefeito Arthur Neto, a parceria público-privada vai movimentar o mercado imobiliário e vai enfrentar o déficit por moradia em Manaus. “A terceira fase prevê 1.200 unidades e prevê também um faturamento de R$ 150 milhões. São R$ 110 da primeira etapa e da segunda, com R$ 150 da terceira. O programa do servidor público não só terá satisfeito um número muito significativo de servidores públicos, como terá jogado na veia do comércio, na veia da economia da nossa terra R$ 260 milhões”, disse o prefeito.

Seja o primeiro a comentar on "Programa da Prefeitura vai financiar 1.500 moradias para servidores públicos"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.