Professores apresentarão à Prefeitura de Manaus índice de 15% de reajuste salarial

Marcus Libório, presidente do Sinteam, disse que decisão sobre reajuste oferecido pelo governo será em assembleia na segunda-feira (Foto: Sinteam/Divulgação)

Marcus Libório, presidente do Sinteam, disse que a pauta de reivindicação inclui garantias de benefícios (Foto: Sinteam/Divulgação)

Da Redação

MANAUS – O Sinteam (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas) apresentará à Semed (Secretaria Municipal de Educação) proposta de 15% de reajuste salarial para os professores. O índice foi definido em assembleia geral nessa quarta-feira, 9.

Também está na pauta de reivindicação o reajuste do vale transporte e vale alimentação, transparência no uso dos recursos do Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica), incorporação da regência de classe ao vencimento, progressões horizontais e verticais, reajuste da FEM da educação especial, HTP para professores do 1º ao 5º ano, entre outros.

“Nossa pauta não se restringe ao reajuste salarial. Tem vários pontos no tocante às condições de trabalho, por exemplo, os prédios alugados, a da merenda escolar, a precarização dos terceirizados, o sucateamento da ManausMed (fundo previdenciário), a segurança nas escolas”, disse o presidente do Sinteam, Marcus Libório.

A categoria pretende entregar a pauta de reivindicação à Semed e ao prefeito Arthur Neto.

Conforme a Semed, a proposta dos professores será levada ao grupo de negociação para decidir sobre a viabilidade ou se apresenta contra proposta. O índice será submetido à análise da Semef (Secretaria Municipal de Economia e Finanças).

Seja o primeiro a comentar on "Professores apresentarão à Prefeitura de Manaus índice de 15% de reajuste salarial"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.