Procon apreende 168 kg de carne de porco em decomposição e mercadinho

Carne de porco estava descongelada e com odor característico de decomposição, segundo o Procon (Foto: Procon/Divulgação)

Carne de porco estava descongelada e com odor característico de decomposição, segundo o Procon (Foto: Procon/Divulgação)

Da Redação

MANAUS – Equipes de fiscalização do Procon (Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor do Amazonas) apreenderam 168 quilos de carne suína imprópria para consumo em um supermercado no bairro Coroado, zona leste de Manaus.

Segundo os fiscais, o produto apresentava odor e aparência característicos do estado de decomposição. As equipes registraram os autos de constatação e apreensão, retirando o produto da área comercialização.

“A carne apreendida estava em desacordo com as normas regulamentares de apresentação por estar descongelada. Constatamos que o produto, fracionado e embalado pelo supermercado, está com odor e aparente decomposição. Determinamos o recolhimento imediato e lavramos também um Termo de Depósito, deixando o estabelecimento como fiel depositário do alimento, até a verificação pela Vigilância Sanitária, que já foi acionada”, disse Matheus Bustos, fiscal do Procon.

Na mesma ação, as equipes encontraram outros 127 itens vencidos ou inadequados ao consumo nas prateleiras do estabelecimento. Segundo Saint-Cyr Barbosa, fiscal do Procon, os itens foram recolhidos e inutilizados após a retirada das prateleiras, além de lavrados os respectivos autos. “É uma medida de segurança efetuarmos o descarte dos produtos apreendidos, para evitar que sejam colocados de volta na área de comercialização”, explicou Saint-Cyr.

Entre os itens inutilizados estavam achocolatados, iogurtes, arroz, feijão, queijos e cortes de carnes. A multa pelas infrações, por causa do volume e gravidade das infrações, ainda será calculada.

Denúncias

Os consumidores podem encaminhar denúncias para o Procon Amazonas pelo telefone 0800 092 1512 e pelo e-mail [email protected]. Além de produtos vencidos, podem ser denunciadas outras situações que demandem fiscalização, como demora na fila de banco, ausência de preços na vitrine, entre outras.

Seja o primeiro a comentar on "Procon apreende 168 kg de carne de porco em decomposição e mercadinho"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.