Por decisão da Justiça Federal no Amazonas, Afonso Lobo é preso novamente

O ex-secretário Afonso Lobo é um dos cinco ex-secretários investigados na Operação Custo Político

Por Lúcio Pinheiro, da Redação

MANAUS – Após recurso do MPF (Ministério Público Federal), o ex-secretário estadual de Fazenda, Afonso Lobo, voltou a ser preso, na tarde desta quinta-feira, 1ª.

Acusado de receber propina e vantagens indevidas de membros de organização criminosa que desviou milhões do setor da saúde no Amazonas, Lobo havia deixado o presídio no dia 24, depois de decisão do TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região), em Brasília, transformar a prisão preventiva dele em domiciliar.

Lobo é um dos cincos ex-secretários investigados pela Operação Custo Político, segunda fase da Operação Maus Caminhos. O ex-secretário foi preso pela primeira vez no dia 13 de dezembro.

No dia 26 de dezembro, o juiz federal substituto Ricardo Sales concedeu prisão domiciliar a ele. Cinco dias depois, a juíza federal titular do processo, Ana Paula Serizawa, transformou novamente a prisão do ex-secretário em preventiva.

A defesa de Lobo recorreu ao TRF1, onde, no dia 24, conseguiu transforma a preventiva em domiciliar. Essa decisão agora é derrubada pela Justiça Federal no Amazonas.

O fundamento da decisão é o fato de que a prisão domiciliar foi deferida sem haver pedido da defesa desse benefício. Também não foi identificada nenhuma hipótese prevista na lei que autorizasse a concessão do benefício ao investigado.

O ex-secretário foi encaminhado nesta tarde ao CDPM-2 (Centro de Detenção Provisória Masculino – 2), no Km 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista).

1 Comentário on "Por decisão da Justiça Federal no Amazonas, Afonso Lobo é preso novamente"

  1. Parece que no Amazonas, a Justiça dá sinais de mudanças extremamente necessárias para a retomada da moralização do judiciário, visto que muitos já haviam se conformado que se a pessoa desvia recursos públicos ou seja do povo e para que não aconteça absolutamente nada com ela, reserva uma parte destes recursos para corromper e tornar alguns que podem livra-lo participantes de roubos que ainda na cabeça de muitos são institucionais, ficam ricos, esbanjam vitória em cima do fracasso de muitos que esperam ganhos justos e os bons serviços públicos. Acredito ser o poder da oração de muitos que verdadeiramente amam o nosso Amazonas,

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.