Peritos negociam 42% de reajuste e suspendem protesto em Manaus

Peritos posaram para foto com o secretário Bosco Saraiva para comemorar acerto de reajuste salarial (Foto: ATUAL)

Peritos posaram para foto com o secretário Bosco Saraiva para comemorar acerto de reajuste salarial (Foto: ATUAL)

Da Redação

MANAUS – Os peritos criminais legistas no Amazonas terão reajuste salarial de 42%. O índice foi acertado na manhã desta sexta-feira, 12, entre os profissionais e o secretário de Segurança Pública do Estado, o vice-governador Bosco Saraiva (Solidariedade), em reunião do IML (Instituto Médico Legal). Com o acordo, os peritos suspenderam protesto para reivindicar aumento de salário e melhores condições de trabalho, que estava programado para esta sexta. Os peritos soltaram rojões para comemorar a conquista.

Os salários já com reajuste serão pagos em fevereiro. Saraiva disse que há a intenção de equiparar os salários dos peritos e delegados. “Já vínhamos trabalhando dentro da Delegacia Geral a possibilidade real do reajuste. A polícia científica faz parte do corpo da Secretaria de Segurança. Então, é o mesmo tratamento”, disse Saraiva. O secretário se comprometeu em reformar e melhorar as instalações do IML e Instituto de Criminalística, onde há espaços sem uso.

Leia mais: Peritos criminais promoverão protesto e cogitam greve

A presidente do Sinpoeam (Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado do Amazonas), Viviany Pinto, disse que esse não era o índice inicial reivindicado pelos peritos, mas que ameniza a defasagem da categoria. “É um alento. O secretário se comprometeu em melhorar as condições de trabalho também. Não tem como construir nada agora, mas deverá melhorar e ampliar as instalações atuais”, disse.

(Colaborou Patrick Motta)

Seja o primeiro a comentar on "Peritos negociam 42% de reajuste e suspendem protesto em Manaus"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.