O significado do perdão em uma sociedade doente e solitária

SÃO PAULO – Eu estive pensando nesses dias sobre quão bonito é o perdão, mas isso não é nenhuma novidade, crescemos escutando que perdoar é um dos sentimentos mais grandiosos da vida de uma pessoa, mas você já parou para pensar o peso do significado do perdão dentro da nossa realidade? Quantas vezes você já pediu perdão de alguém que ficou magoado com você? a quantidade de vezes é suficiente? Somos seres humanos e por isso por um lado é compreensível que sejamos egoístas e orgulhosos mas até que ponto é realmente compreensível?

O perdão é algo tão poderoso que tem efeitos positivos diretos na vida de quem perdoa e danosos na vida de quem não perdoa. A pessoa que não perdoa facilmente se denuncia. Primeiramente, pela face, porque a primeira coisa que vai embora do rosto daquele que acumula mágoa é o brilho e o sorriso espontâneo e gentil. Em segundo lugar, basta alguns minutos de conversa para que a pessoa esteja revele o interior, mostrando suas dores e ofensas não curadas no coração. Aos poucos surgem críticas, nomes, defeitos, inveja, sentimentos e traços negativos de quem está perdendo o melhor da vida e não está vendo.

O efeito específico do perdão dentro da nossa geração é o quanto ele pode ser eficiente no psicológico de quem o pratica. Se vivemos em uma sociedade fria e completamente insensível, uma demonstração de afeto é importante porém, sobretudo uma demonstração de perdão torna-se essencial.

Seja o primeiro a comentar on "O significado do perdão em uma sociedade doente e solitária"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.