O filme fracassado de Bispo Macedo e a tentativa de transformar sua imagem

SÃO PAULO – Eu fiquei boquiaberta essa semana quando uma amiga revelou que havia ido assistir “sem querer” um filme sobre a vida de Bispo Macedo, o líder da Igreja Universal. Eu sinceramente não sabia, sequer havia ouvido falar sobre tal obra. Tratava-se do filme “Nada a perder” Dirigido por Alexandre Avancini e protagonizado por Petrônio Gontijo, campeão de vendas nas bilheterias dos cinemas de todo o Brasil, pelo menos é o que os números dizem já que o que especula-se é que a franquia da Igreja Universal usou uma tática, lê-se “compra de ingressos” para que o filme não ficasse como lanterna entre os filmes em cartaz. Porém, não é sobre isso que quero comentar, a verdade é que o líder supremo da Igreja Universal preocupa-se bastante com o que a mídia ou o povo pensam sore ele, desde que seu rosto foi arrastado pela Globo em uma reportagem especial onde entregavam seu “plano infalível” para arrancar dízimos dos fiéis ou desde a época em que ele foi preso, Macedo tentou com todas as forças pregar a peça de bom moço Cristão perseguido. Pelo visto o plano deu certo com seus fieis seguidores e mantenedores, o mesmo não aconteceu com parte da crítica que continuou enxergando “algo podre no Reino da Dinamarca”. Esse filme é mais uma tentativa frustrada e desesperada de limpar a imagem do rapaz Macedo que por ora continua sendo escrachado pela mídia (Globo) e pela crítica. Quando Bispo Macedo terá o perdão? Quando ele deixar de negociar sentimentos e transformar a fé das pessoas em lucro. Um dia e quem sabe virá o perdão divino, terreno e crítico.

Seja o primeiro a comentar on "O filme fracassado de Bispo Macedo e a tentativa de transformar sua imagem"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.