Resultado oficial mostra que quase metade do eleitorado rejeitou Amazonino e Braga

Voto da urna aguardará decisão de tribunais para ser legitimado na eleição suplementar no Amazonas (Foto: TSE/Divulgação)

Votação final da eleição suplementar mostra rejeição aos candidatos Amazonino e Eduardo Braga (Foto: TSE/Divulgação)

Da Redação

MANAUS – O resultado oficial do segundo turno da eleição suplementar ao Governo do Amazonas, nesse domingo, 27, revela um eleitorado descrente. Dos 2.338.886 eleitores aptos a votar no Estado, 1.016.635 não escolheram nem o governador eleito Amazonino Mendes (PDT) e nem o senador Eduardo Braga (PMDB), derrotado no pleito.

Desses eleitores, 412.721 votaram branco ou nulo e 603.914 não foram votar (brancos foram 70.441 e nulos, 342.280). Amazonino se elegeu com 782.933 (59,21%) e Braga alcançou 539.318 (40,79%) dos votos de eleitores que foram às urnas.

Do total de votos apurados apenas em Manaus (1.058.136), Amazonino obteve 40,06%. Braga teve o voto de 271.975 eleitores (25,7%) na capital. A maioria do eleitorado urbano rejeitou ambos os candidatos. Considerando a preferência do eleitor na capital, Eduardo Braga perdeu para os votos nulos e, na comparação com a abstenção, obteve menos votos em relação ao número de eleitores que se abstiveram de votar.

Os votos válidos, dados a Amazonino e Braga, somaram 1.322.251. Ou seja, praticamente metade do eleitor no Estado não se interessou nem pela eleição e nem pelos candidatos.

2 Comments on "Resultado oficial mostra que quase metade do eleitorado rejeitou Amazonino e Braga"

  1. É ISSO AI GENTE, SE VINGUEM NAS URNAS, É NAS URNAS QUE NOS MANIFESTAMOS, OU ENTÃO QUE ELEJAMOS PESSOAS DECENTES NESTE PAÍS

  2. É A MELHOR MANEIRA DE RESPONDER A ESSES POLÍTICOS QUE NÃO QUEREM MAIS SAIR DO PODER, É VOTANDO EM BRANCO OU NULO

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.