‘Não aceito é desrespeito’, diz Arthur sobre encontro de aliados com Amazonino

Arthur Virgílio Neto

O prefeito Arthur Virgílio Neto diz que está “pronto para viver bem com Amazonino” (Foto: Reprodução)

Da Redação

MANAUS – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), disse nesta quarta-feira, 15, que “cada qual tem que cuidar do seu cada qual”, mas, “havendo respeito”, o governador Amazonino Mendes (PDT) pode se reunir com a base dele na CMM (Câmara Municipal de Manaus).

“Eu não sou muito ciumento. Acho que cada qual tem que cuidar do seu cada qual. Havendo respeito a mim, eu trabalho qualquer perspetiva. O que não aceito é desrespeito a mim”, disse Arthur durante o evento de entrega da Praça 15 de Novembro, a “Praça da Matriz”, no Centro.

Na terça-feira, 14, Amazonino fez uma reunião fechada com vereadores que compõem a base aliada do prefeito. Desde o final da eleição suplementar, o governador ainda não teve nenhuma agenda com o tucano. Arthur já reclamou do afastamento do aliado, e cobrou os acordos feitos entre os dois durante a eleição suplementar.

Questionado sobre o encontro dos vereadores com Amazonino, Arthur demostrou desconhecer o fato. “Ele reuniu?”, indagou, concluindo: “Estou muito pronto para viver bem com o governador, conviver bem com a base dele, conviver bem com a minha base, conviver bem com o vice-governador Bosco Saraiva, que é um grande companheiro nosso”.

Parabéns

Segundo Arthur, Amzonino ligou para ele para desejar feliz aniversário. O prefeito completou 72 anos nesta quarta-feira, 15. “Foi uma conversa rápida, mas muito fraterna”, disse o tucano. Nesta quinta, 16, será a vez do governador comemorar aniversário.

Candidato

Na coletiva, Arthur voltou sustentar que é o melhor nome do PSDB para disputar a Presidência da República. E mandou um aviso para o partido: “Minha brincadeira vai começar agora. E eles vão tomar um susto. Vamos mostrar agora nossa capacidade de fazer um vento muito forte, que vem soprando do Norte, mostrando que se o PSDB quer ganhar essa eleição, não quer ficar em segundo, terceiro, ou quarto lugar, ele tem com quem ganhar essa eleição. E esse alguém é o prefeito de Manaus, que está aqui hoje”, disse.

Segundo o prefeito, as viagens que ele pretende fazer pelo Brasil neste fim de ano para falar da disputa eleitoral de 2018 estão mantidas. “Estamos cheios de convites. Temos convite de Belo Horizonte, do Rio Grande do Sul. Vamos aproveitar todas as nossas horas vagas, todos os nossos feriadões. E vamos trabalhar isso porque sinto que temos possibilidades reais de mostrar, não sei para os convencionais hoje, para o povo, que somos a candidatura mais viável para presidente da República; que outros vão remar, remar e morrer na beira. Eu vou remar e chegar na frente dos outros”, declarou Arthur.

 

1 Comentário on "‘Não aceito é desrespeito’, diz Arthur sobre encontro de aliados com Amazonino"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.